Johnny Depp e ator de Vingadores planejam morte cruel de atriz de Aquaman

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O julgamento do processo de Johnny Depp contra o The Sun
continua. O jornal publicou uma matéria chamando o ator de “espancador de
esposa”, em referência às acusações de Amber Heard contra o ex-marido.

Durante o curto casamento entre a atriz de Aquaman e o ator
de Piratas do Caribe, Johnny Depp teria agredido a ex-esposa, chegando a deixa-la
com hematomas no rosto.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

No dia 08 de julho de 2020, a advogada do grupo dono do The
Sun, Sasha Wass, apresentou uma série de mensagens trocadas entre Johnny Depp e
Paul Bettany, mais conhecido por interpretar o Visão nos filmes dos Vingadores.

As mensagens trazem uma série de piadas de mau gosto, com os dois atores “planejando” a tortura e morte de Amber Heard, dentre outras barbaridades.

Mensagens perturbadoras

As mensagens começam já de forma desrespeitosa, com piadas
fazendo alusão às partes íntimas da atriz de Aquaman, com os dois fazendo “piadas”
envolvendo a depilação da atriz.

Tudo fica verdadeiramente perturbador quando o ator de Vingadores
diz:

“Não tenho certeza se deveríamos queimar Amber. Ela é uma
ótima companhia e agradável aos olhos. Poderíamos, é claro, seguir o caminho
inglês e fazer um teste de afogamento”, escreveu Paul Bettany. “O que você
acha? Você tem uma piscina”.

“Vamos afogá-la e depois queimá-la!!! Eu vou fod*r seu corpo
queimado depois, para ter certeza que ela está morta”, respondeu Johnny Depp.

Bettany, por sua vez, responde: “Exatamente o que eu pensei.
Precisamos ter certeza antes de dizer que ela é uma bruxa”.

Segundo Johnny Depp, ele e Paul Bettany disseram que ela era
uma “bruxa” em razão do comportamento da atriz de Aquaman em relação ao uso de
álcool e drogas do ex-marido.

“Eu fiquei ressentido com o fato da Srta. Heard ser muito
agressiva e ofensiva em relação ao meu consumo de álcool, ou cocaína. Ela não
gostava do Sr. Bettany e sinto que ela não gostava muito de mim e
constantemente falava sobre coisas que não existiam”.

Johnny Depp explicou que essas “coisas que não existiam” incluíam
o fato de Amber Heard acreditar que ele se tornava um “monstro” sob efeito de
drogas e álcool.

Mais detalhes sobre o julgamento devem ser divulgados nos
próximos dias.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio