A longa batalha entre Johnny Depp e Amber Heard continua e mais um capítulo foi escrito recentemente, durante julgamento do processo do ator contra o jornal britânico The Sun.

Dessa vez, no início do julgamento que deve durar três semanas, o advogado de Johnny Depp declarou que o ator está ali para “limpar sua reputação”.

Ele também declarou que a ex-esposa de Johnny Depp, Amber Heard, “inventou essas histórias de violência” e que ela era a “abusadora” no relacionamento.


“Não deve ser surpreendente escutar que esse não é um caso sobre dinheiro. É sobre vindicação. O Sr. Depp deixou isso claro várias vezes. É por isso que ele veio até aqui – para limpar sua reputação”, declarou o advogado de Johnny Depp.

“A srta. Heard inventou essas sérias histórias de violência”, continuou o advogado. “Ele [Depp] não é e nunca foi um espancador de mulheres. De fato, ele diz que foi a srta. Heard quem começava lutas físicas, quem o socou ou o atingiu; ela era a abusadora, não ele. E a evidência da época sustenta isso”.

A luta continua

Mais recentemente, Johnny Depp estava tentando banir sua ex-esposa do julgamento, para que o júri não fosse influenciado pela presença dela durante o interrogatório.

No entanto, de acordo com o Deadline, o juiz decidiu contra a proibição depois de apontar que Amber Heard tem informações de que os réus confiam, e continuou dizendo que a proibição “inibiria a conduta de sua defesa”.

“Os réus dependem muito das informações que a Sra. Heard pode fornecer. Heard não estará em condições de dar instruções, mas ela pode fornecer informações sobre as quais os réus podem optar por agir.”

Johnny Depp deve reprisar seu papel como o vilão Gellert Grindelwald no terceiro filme de Animais Fantásticos. Enquanto isso, Amber Heard deve retornar como Mera na sequência de Aquaman.