Dinheiro não é problema para Brad Pitt e Angelina Jolie. Porém, os fãs ficaram surpresos ao descobrir quanto os astros investem nos filhos.

Os famosos ficaram juntos entre 2005 e 2016. Da relação, tiveram seis filhos: Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, e os gêmeos, Vivienne e Knox.

Por conta da carreira deles, Angelina Jolie e Brad Pitt precisam de alguns pontos adicionais na criação dos filhos. Por exemplo, por um bom tempo precisaram de babás e ainda precisam de serviços de professores particulares.


Ao mesmo tempo, necessitam de serviços de empresas aéreas. Se os pais estiverem viajando, os voos se tornam úteis para uma reunião mais rápida.

Em 2016, quando se separaram, a Forbes calculou que Brad Pitt ganhou US$ 315 milhões durante o casamento. Enquanto isso, Angelina Jolie lucrou US$ 239 milhões.

Como citado anteriormente, o casal não tem dificuldades para oferecer o que for necessário aos filhos.

Gastos da família

Uma informação é que Brad Pitt e Angelina Jolie contavam com uma babá o tempo inteiro. Esse serviço, nos Estados Unidos, tem um custo mínimo de US$ 140 mil ao ano, podendo chegar até a US$ 185 mil.

Em 2011, veículos chegaram a informar que o casal tinha uma funcionária para cada criança. Com isso, chegou a gastar US$ 900 mil em babás.

O mesmo vale para os professores, já que as crianças estudam em casa. Nos Estados Unidos, um tutor particular pode custar US$ 100 mil ao ano. A People já revelou que os filhos dos famosos têm professores para diferentes matérias e até para aprenderem instrumentos musicais.

Maddox, o único por enquanto na universidade, gera um custo menor em questão de estudo. As aulas teriam o valor de US$ 10 mil ao ano na Coreia do Sul.

Fora isso, cada criança tem um gasto anual entre US$ 10 mil e US$ 15 mil para outras atividades. Pax, por exemplo, tem aulas de pilotagem.

O custo, porém, ainda é maior ao tratar de transporte. A Hollywood Life calcula que Brad Pitt e Angelina Jolie têm um custo anual de US$ 5 milhões com empresas de voos particulares.

Por terem uma família grande, Brad Pitt e Angelina Jolie também tiveram que investir em grandes casas. Na França, compraram uma mansão de US$ 35 milhões, com 35 quartos; já na Itália o custo foi de US$ 41 milhões, com 15 quartos.

Após o divórcio, Angelina Jolie gastou US$ 24,5 milhões para comprar uma residência perfeita para ela e os filhos. Além disso, há o gasto quando a atriz e Brad Pitt trabalham.

Conforme a locação do longa e o tempo de trabalho, o ex-casal aluga imóveis, justamente para ficar com os filhos.

Ao mesmo tempo, as viagens da família não são baratas. Ainda quando estavam juntos, Brad Pitt e Angelina Jolie investiam cerca de US$ 200 mil para as férias.

Vale lembrar que tudo isso acompanhado de segurança. O The Hollywood Reporter garante que uma família como a dos astros precisa gastar US$ 2 milhões por ano para estar bem protegida.

A equipe de apoio também é formado por chefes de cozinha e motoristas. Cada funcionário do primeiro grupo ganha cerca de US$ 150 mil por ano, enquanto os motoristas nos EUA ganhariam algo entre US$ 50 mil e US$ 60 mil.

Por fim, o ex-casal ainda deve gastar cerca de US$ 60 mil por ano com plano de saúde. Dessa forma, Brad Pitt e Angelina Jolie gastam, seguramente, algo em torno de US$ 10 milhões anuais para cuidar de todos os filhos – sem especificar valores com alimentação, roupas e eventos como festas de aniversário.

Angelina Jolie e Brad Pitt nunca comentaram publicamente sobre o assunto.