Com uma carreira de mais de 30 anos, Angelina Jolie se estabeleceu com uma das atrizes mais conceituadas de Hollywood, na frente e por trás das câmeras.

Descrita como “uma das figuras mais influentes da indústria do entretenimento”, Jolie também é conhecida por seus importantes trabalhos humanitários, principalmente na defesa dos refugiados.

Em seu casamento com Brad Pitt, Angelina Jolie teve 6 filhos: Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Vivienne e Knox.


Antes de ter filhos, Angelina Jolie era conhecida por sua personalidade excêntrica e muitas polêmicas.

Confira abaixo!

A jovem Angelina

“Eu já usei todas as drogas possíveis, de ecstasy a heroína”, refletiu Angelina Jolie sobre seus anos rebeldes em Hollywood.

A atriz que também contou com uma vida amorosa pública e tumultuada, revelou que a maioria das manchetes de sua juventude aconteceram em um momento de autoconhecimento e testes.

“Minha juventude é muitas vezes interpretada como um desejo de rebeldia. Na verdade, não era nada relacionado a uma necessidade de ser destrutiva ou rebelde. A necessidade era encontrar a minha voz, derrubar as minhas paredes e ser livre. Quando você percebe que está sendo colocada em um tipo específico de vida, é natural se colocar contra isso. Pode parecer estranho e ser interpretado errado, mas você tenta decidir quem é”, contou a atriz.

Angelina Jolie também chamou a atenção dos tabloides de Hollywood por seus vários relacionamentos amorosos, principalmente sua união com o ator Billy Bob Thornton.

A atriz conheceu Billy Bob Thornton no set de Alto Controle, em 1999, mas o relacionamento começou oficialmente apenas em 2000, já que na época Thornton era noivo de Laura Dern e Jolie ainda estava namorando Timothy Hutton.

O casal oficializou a união em 2000, e rapidamente se tornou um dos preferidos dos paparazzi, principalmente por suas públicas e excessivas demonstrações de afeto. Os dois chegaram a usar colares com receptáculos do sangue um do outro, e era comum que eles se beijassem intensamente na frente de repórteres.

Ainda em 2000, a mídia conseguiu transformar um momento emocional entre Angelina Jolie e seu irmão em uma acusação terrível. A atriz apareceu beijando seu irmão Jamie no tapete vermelho do Oscar, e os jornais e revistas especializados não demoraram para sugerir rumores de incesto e questionar a proximidade entre os irmãos.

Segundo Cis Rundle, grande amiga de Marcheline (mãe de Angelina), o “beijo escandaloso” não era nada mais que uma demonstração de amor fraternal.

“O dia que ela beijou Jamie no Oscar, foi o primeiro dia do tratamento do câncer de Marcheline. Eles deixaram o hospital juntos e chegaram juntos à cerimônia. Ninguém sabia o que tinha acontecido no hospital. Era como se ela dissesse ‘Olha, estamos aqui agora!’. E o mundo viu algo incestuoso. Eles só podiam contar um com o outro. Sempre tiveram um relacionamento muito próximo, principalmente com a mãe”, contou Rundle.

Talvez a polêmica mais conhecida de Angelina Jolie seja a envolvendo o seu casamento com Brad Pitt. Os artistas se conheceram durante as gravações de Sr. e Sra. Smith, na época em que Pitt ainda estava casado com Jennifer Aniston. Segundo várias fontes e até mesmo uma confissão posterior do ator, o affair começou durante as gravações, antes dele se separar de sua então esposa.

Na época, a polêmica dividiu a sociedade americana (e até certo ponto mundial) em “Time Angelina” e “Time Aniston”. Celebridades tomaram partido e até hoje o escândalo é referenciado na cultura pop.

Atualmente, Angelina Jolie e Brad Pitt estão divorciados.