Frank Whaley, ator de Pulp Fiction e Luke Cage, acusou Jon Voight, pai de Angelina Jolie, de tê-lo agredido durante a série Ray Donovan.

A acusação ocorreu após Voight, vencedor do Oscar por Amargo Regresso, ter participado da Convenção Nacional Republicana, no dia 24 de agosto de 2020.

“Fod*-se Jon Voight. Em Ray Donovan, ele me deu um tapa na cara no meio de uma cena porque não conseguia acompanhar, e então negou ter feito”, começa o tweet de Whaley.


“Ele se esqueceu do fotógrafo que estava no set. Conclusão: Jon Voight é um grande idiota”, escreveu o ator, incluindo uma foto do preciso momento em que leva um tapa no rosto.

Jon Voight, pai de Angelina Jolie, é defensor do governo de Donald Trump e chegou a descrever o presidente como “um homem que se importa, um homem que ama a América e todos os americanos”.

Os EUA é o país com maior número de casos de infectados pelo novo coronavírus, com mais de 180 mil mortes.

Reação de outros astros

A acusação do ator de Pulp Fiction acabou gerando reações nas mídias, incluindo do analista conservador Mindy Robinson.

“Alguém deu um tapa em alguém durante a filmagem de uma cena. Saia daqui, ninguém nunca viu isso na TV”, escreveu Robinson, basicamente dizendo que se alguém fez algo errado antes de você, quer dizer que você ganha passe livre.

Já Dean Cain, o Superman na série dos anos 1990 Lois & Clark indicou que Whaley deveria estar culpado ao levar o tapa.

“Ele deu um tapa em você – isso é bastante claro”, escreveu o ator. “O motivo pelo qual ele te deu um tapa continua um mistério. . . embora eu tenha uma ideia”.

Outros foram em defesa do ator de Luke Cage, como foi o caso do apresentador John Rocha, de The Outlaw Nation.

 “Você deveria absolutamente pisar nos órgãos genitais daquele velho até virar pó para isso, senhor. Ninguém tem o direito de fazer isso com você por causa de uma cena em um programa de TV, entre todas as coisas. Precisamos chamar a atenção de todos esses idiotas desfilando nos sets abusando de atores, equipe de produção e outros”.

Até o presente momento, Jon Voight não se manifestou sobre o assunto.