Woody Harrelson é um dos atores mais talentosos de Hollywood. Como se sabe, o ator estará agora se aventurando no mundo dos heróis.

O famoso já aparece na cena pós-créditos de Venom como Cletus Kasady. O personagem vira o vilão Carnificina.

Harrelson está confirmado para Venom 2. Com isso, terá ainda mais destaque.


O que os fãs podem não saber é que apesar da fama, o mais novo astro da Marvel coleciona problemas com a polícia. O curioso é que alguns são verdadeiramente bizarros.

Pode-se assim dizer que o artista é mais uma daquelas estrelas de personalidade bem curiosa em Hollywood. Confira abaixo o histórico problemático do ator da Marvel com a polícia.

Problemas com a polícia

Quando mais novo, o ator tinha problemas de raiva. A Esquire relata que o famoso da Marvel chegou a quebrar janelas na escola e se envolvia em muitas brigas de bar.

Porém, uma prisão dele veio por um crime bizarro. Na juventude, Harrelson foi preso por caminhar entre o trânsito em movimento, ao lado de um amigo. Os dois até tentaram fugir, mas foram pegos pelas autoridades de Londres.

Após ser preso, o ator tentou fugir de novo. Quando outro homem foi colocado na viatura, o jovem artista saiu correndo. “Estava algemado, de botas e correndo”, relembra Harrelson.

O famoso acabou passando a noite na prisão por isso. Esse, porém, não seria o único problema dele com a lei.

Em 2002, em mais um acesso de raiva, Harrelson brigou com um taxista. Após a discussão, ele contratou outro táxi para perseguir o primeiro, o que levou a mais uma prisão em Londres.

O ator da Marvel teria até pulado do primeiro táxi, em movimento. Para depois, assim, o perseguir.

“Ele ficou completamente louco”, relembrou o primeiro taxista para o The Guardian.

Fora os dois casos bizarros, o ator da Marvel foi acusado em 1996 de posse de drogas e em 2008 um paparazzo disse que o famoso quebrou uma câmera do profissional. Assim, novamente teve que dar explicações.

Na Marvel, o ator estará em Venom 2. O longa tem previsão para junho de 2021.