La Casa de Papel é a série de língua espanhola mais popular da Netflix. No Brasil, a produção se tornou um verdadeiro fenômeno cultural, inspirando fantasias, músicas e muito mais.

A quarta temporada de La Casa de Papel já chegou à Netflix. Neste ano, milhões de pessoas correram para maratonar os episódios, que corresponderam (e até superaram) as expectativas de muita gente.

Enquanto a nova temporada da série não estreia, um dos astros da produção deu uma entrevista sobre sua trajetória e a maneira como lida com o peso da fama.


Confira abaixo!

Aceitação

Miguel Herrán, o Rio de La Casa de Papel, publicou um texto falando sobre aceitação nas redes sociais. Para ilustrar a postagem, ele compartilhou uma foto sem camisa em frente ao espelho.

“Acho que pela primeira vez na minha vida me olhei no espelho e me aceitei”, afirmou o ator em seu texto.

O ator explicou que lida com problemas de aceitação desde o início de sua carreira, muito antes de entrar para o elenco de La Casa de Papel.

“Acho que pela primeira vez não me importo se essa foto não agrada você. Essa foto é para mim. Para eu não me esquecer jamais de que a realização pessoal está na aceitação de si mesmo e não na dos outros”, contou o ator espanhol.

Em uma entrevista recente, Herrán afirmou que antes de aparecer nas grandes produções da Netflix, via a si mesmo como “um grande filho da p*ta, que odiava a vida e o mundo”.

“Era uma pessoa autodestrutiva, não gostava do meu visual, da minha profissão, da maneira como tratava outras pessoas ou a mim mesmo. Atuar me ajudou a criar amor próprio e autoestima”, afirmou o ator.

No entanto, Herrán lembrou que até mesmo os famosos sofrem com problemas pessoais e situações difíceis de se lidar.

“Todos acham que não podemos nos queixar de nossas vidas… O dinheiro não me deixou feliz, pelo contrário, aumentou minhas preocupações. Me deixou mais ambicioso. Nos outros aspectos, tudo continuou igual ou pior”, opinou Herrán.

As quatro temporadas de La Casa de Papel estão disponíveis na Netflix.