Dwayne Johnson, o Hobbs de Velozes e Furiosos, está expandindo seus investimentos para outros setores.

Ele, junto de Dany Garcia e a RedBird Capital anunciaram a compra da XFL, a liga de futebol americano fundada por Vince McMahon, CEO do WWE. A liga declarou falência e seria leiloada , mas a compra da Alpha Entertainment, empresa dona da liga, cancelou o leilão.

A empresa foi comprada pelo astro de Velozes e Furiosos por aproximadamente 15 milhões de dólares (aproximadamente 79 milhões de reais).


“A aquisição da XFL, junto dos meus talentosos parceiros, Dany Garcia e Gerry Cadinale, é um investimento que, para mim, é profundamente enraizado em duas coisas – minha paixão pelo esporte e meu desejo de sempre cuidar dos fãs”, disse Dwayne Johnson em declaração (via EW).

“Com orgulho e gratidão por tudo que construí com minhas duas mãos, planejo aplicar esses calos à XFL e estou ansioso para criar algo especial para os jogadores, fãs e todos envolvidos pelo amor ao futebol”, continuou o astro de Velozes e Furiosos.

O XFL foi fundado em 2018. A pandemia do novo coronavírus – e a consequente interrupção dos jogos – fez com que a liga acabasse passando por dificuldades financeiras.

Mais investimentos

Com os adiamentos causados pela pandemia do novo coronavírus, Dwayne Johnson conta com diversos projetos já alinhados para o próximo ano, incluindo as filmagens de Jungle Cruise, parceria com a Netflix e o papel de anfitrião do Titan Games.

Além das fortunas no cinema e redes sociais, o astro de Velozes e Furiosos ainda investe em diversas companhias.

Dentre os investimentos do ator, há uma companhia de sorvete, Salt & Straw, além da tequila Teremana.

Com isso, além de seus ganhos como ator, é bastante provável que Dwayne Johnson alcance o status de bilionário. Resta apenas saber quando isso vai acontecer.

Recentemente o ator fez parte do primeiro filme derivado de Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw, além da continuação Jumanji: Próxima Fase.