Brad Pitt tem uma parceria diferente em Hollywood. Por mais de três décadas, o astro trabalha com a maquiadora Jean Black.

Os dois são bem próximos e Brad Pitt a considera como uma irmã. A profissional trabalha com o astro desde Mundo Proibido, de 1992.

“Ali começou uma longa jornada para nós. Viajar o mundo com ele, é uma vida toda que nunca pensei que fosse possível. É bem incomum para alguém como Brad, ou na posição dele, ser tão leal”, já contou Jean para GQ.


O que faz essa dupla se dar tão bem, como conta a própria Jean, é o “sentido de solidão”. A maquiadora já revelou que os dois podem ficar sozinhos por horas em uma sala sem sentir a necessidade de conversar.

“Ela é como família, somos como irmão e irmã. É uma pessoa que valorizo muito na minha vida”, contou Brad Pitt para o New York Post.

O ator até recrutou os Irmãos à Obra para reformar a casa de Jean. O momento foi emocionante.

Porém, no começo dessa parceria, houve um momento bem embaraçoso para Brad Pitt. Os dois não conseguem falar disso até hoje.

Momento embaraçoso de Brad Pitt

No começo da parceria, no filme Lendas da Paixão, de 1994, Jean Black precisou deixar o ator com um único tom para o longa. Para isso, porém, a profissional teve que maquiar até o bumbum de Brad Pitt.

“Ela teve que maquiar o meu bumbum por causa das linhas de bronzeamento. Quando esse assunto surge, nós não conseguimos nos olhar nos olhos”, já contou o astro.

Ao que parece, isso apenas fortaleceu ainda mais essa bonita amizade.

Aos fãs curiosos, o filme Lendas da Paixão está na Netflix. O elenco traz ainda Anthony Hopkins.

“O clã Ludlow precisa se separar quando Sam se alista contra a vontade do pai para lutar na Primeira Guerra Mundial”, diz a sinopse.