Lea Michele, a Rachel de Glee, teve seu primeiro filho junto do marido Zandy Reich. O nome do bebê é Ever Leo, conforme revela a People.

Michele e Reich se casaram em 2019, depois de namorarem por dois anos. Apesar de já ter mostrado a barriga de grávida no Instagram, ela não comentou publicamente sobre o nascimento ainda.

“Todos estão felizes e saudáveis, e são extremamente gratos”, disse uma fonte da People. “Ele não tem dado dificuldades até agora”.


A gravidez de Michele foi revelada em abril, quando uma fonte da People falou sobre isso antes da atriz de Glee publicar nas redes sociais.

“Eles sempre quiseram ser pais”, disse a fonte na época.

As recentes publicações nas redes sociais de Lea Michele não mencionam o nascimento de seu filho.

Acusações contra atriz de Glee

Como se sabe, protestos contra o racismo são registrados nos Estados Unidos. Como parte do movimento Black Lives Matter (Vidas dos Negros Importam, em tradução), artistas começaram a fazer denúncias dentro de Hollywood.

As acusações de racismo contra Lea Michele foram feitas por Samantha Marie Ware. A atriz foi apoiada pelos colegas Alex Newell e Amber Riley.

A acusação contra a atriz de Glee foi feita quando Lea Michele afirmou apoiar os protestos contra o racismo nos Estados Unidos. A colega dela fez um post irônico ao tratar da atitude da famosa.

“Rindo muito. Você se lembra de quando fez da minha estreia na TV um inferno? Porque eu nunca esqueci. Eu acho que você disse a todo mundo que, se tivesse a oportunidade, ‘Cagaria na minha peruca’, entre outras pequenas agressões traumáticas que me fizeram questionar minha carreira em Hollywood”, acusou Samantha.

Após a repercussão do caso, Lea Michele pediu desculpas para os colegas de Glee.

“Se foi minha posição e perspectiva privilegiada que me fez ser percebida como insensível ou inadequada às vezes ou se era apenas minha imaturidade e eu apenas sendo desnecessariamente difícil, peço desculpas pelo meu comportamento e por qualquer dor que tenha causado”, declarou a atriz, afirmando que todos “podem mudar e crescer”.

Após o caso, rumores são de que Lea Michele começou a telefonar para outros colegas de Glee. A intenção dela seria esclarecer e pedir desculpas pelo o que aconteceu.

Glee pode ser vista na Netflix.