Fadi Fawaz, ex-namorado do falecido cantor George Michael, foi preso em Londres, na Inglaterra. O cabeleireiro foi pego pelas autoridades após atacar diversos carros na noite do dia 14 de agosto.

O Mirror afirma que Fadi estava vestindo roupas de moletom e segurava um martelo na mão. O ex do cantor foi visto destruindo vários carros em um bairro de Londres.

Um homem gravou um vídeo do acontecimento. Fadi apenas dizia que aqueles eram os carros dele, então ele poderia destruir todos.


Na mesma gravação, a polícia chega. As autoridades tiram o martelo da mão do ex de George Michael e o algemam.

Em 2019, o cabeleireiro foi expulso de um apartamento de George Michael, que morreu em 2016. Desde então, estaria vivendo em hotéis baratos de Londres e também nas ruas.

Confira o vídeo divulgado pela imprensa britânica abaixo.

Vida após a morte de George Michael

Fadi foi quem encontrou George Michael morto na noite de Natal de 2016. Desde então, como citado antes, morava no apartamento do cantor.

Porém, a situação não parece fácil para o cabeleireiro. Antes dessa prisão, jornais mostraram fotos com o apartamento do músico quebrado.

Os rumores eram de que Fadi “tinha passado por ataques” e destruído parte do local. Isso pode ter levado a expulsão do último namorado de George Michael da moradia.

Informações das autoridades também são de que Fadi estava com drogas. A família do cabeleireiro diz que ele está em depressão, mas que não quer ajuda.

Fadi teria conhecido George Michael em 2009. Mas, os dois teriam começado o romance em 2012, que durou até a morte do músico.

Confira imagem do ex-casal abaixo e de Fadi no apartamento quebrado do cantor.