Michael B. Jordan, que viveu o antagonista de Pantera Negra, da Marvel, aparentemente não consegue se controlar e dá em cima de todos ao seu redor.

O influenciador e ex-assistente do astro de Pantera Negra, Amir Yass, fez alegações contra o ator no programa Juicy Scoop with Heather McDonald, dizendo que o ator supostamente flertava com ele.

“Ele andava o tempo todo de cueca e sem camisa”, disse o ex-assistente, que ajudou Michael B. Jordan a se mudar. “Ele flertava o tempo todo, até com as paredes. Ele flertava comigo, com todo mundo. Eu era tão jovem… Acho que compartilhamos um momento”.


“Eu cheguei a entrar no closet dele e ele me perguntou: ‘nós vamos nos beijar?’. Isso aí, eu falei ‘Michael!’, então ele disse que gostava estar perto de mim. Pois é, ele chegou em mim. Foi esse o clima que rolou”, continuou Yass.

O ex-assistente do astro da Marvel disse, no entanto, que nada aconteceu entre os dois.

“Rolou um clima entre nós dois que foi além da sexualidade. Mas nada aconteceu… Nada”.

https://www.instagram.com/p/CDzlC_2D3bL/

Ator permanece calado

Michael B. Jordan ainda não se manifestou sobre o assunto, mas muitos já se manifestaram sobre o assunto nas redes sociais.

Muitas pessoas ainda consideram as supostas atitudes de Michael B. Jordan como assédio – e, de fato, pela forma como foram descritas, caso sejam verdadeiras, realmente configuram-se como tal, visto que Yass era seu funcionário na época e o envolvimento dos dois era puramente profissional.

Em todo caso, o ideal é esperar para ver como esse caso prosseguirá. Parte da alegação diz que Michael B. Jordan flertava com todo mundo, então talvez outra pessoa fale sobre o assunto.

Michael B. Jordan pode não mais aparecer nos futuros filmes da Marvel, mas ele segue como Adonis Creed na continuação Creed 3.