Chi Chi DeVayne – o nome artístico de Zavion Davenport, que competiu em duas temporadas de RuPaul’s Drag Race – morreu aos 34 anos, confirmou a EW.

A notícia do falecimento da drag queen chegou menos de uma semana depois de DeVayne informar a seus seguidores no Instagram que ela estava de volta ao hospital.

“Mantenha-me em suas orações. Estarei de volta em breve”, disse DeVayne em uma mensagem de vídeo compartilhada, que a mostrava conectada a um equipamento médico enquanto estava deitada em uma cama de hospital.


Triste notícia

DeVayne foi hospitalizada anteriormente com pressão alta e suspeita de insuficiência renal, dizendo aos fãs que ela tinha cateteres em seu coração e rins instalados cirurgicamente antes de se submeter ao tratamento de diálise. Ela acabou recebendo alta.

A nativa de Shreveport, Louisiana, ganhou destaque na oitava temporada de RuPaul’s Drag Race, onde se deslumbrou com sua inteligência e personalidade antes de terminar a competição em quarto lugar.

Mais tarde, DeVayne foi convidada a voltar a competir no derivado RuPaul’s Drag Race: All Stars em 2018, mas foi eliminada no quarto episódio.

Ainda assim, ela frequentemente atribuía à série a inspiração para desenvolver suas habilidades em uma forma de arte que serviu como uma porta de entrada para ela escapar de uma educação difícil envolvendo gangues e lutas com sua sexualidade.

“Eu estava tão estressada e cheguei a um ponto em que fiquei no fundo do poço. Poderia ser hora de ir para casa e trabalhar um pouco mais na minha drag”, disse DeVayne à EW com uma risada logo após sua saída de RuPaul’s Drag Race: All Stars.

“Sou uma pessoa realista e simplesmente senti que era minha hora de ir. Não havia motivo para ficar triste ou amarga.”

Além de suas aparições em RuPaul’s Drag Race, DeVayne teve uma pequena participação na primeira temporada da série Little America, apareceu na série do YouTube Bootleg Opinions e participou de um episódio do talk show Hey Qween, além de seus vários shows e turnês como artista drag.

DeVayne é a segunda competidora de RuPaul’s Drag Race a morrer desde o início do programa, após a morte da competidora da segunda temporada Sahara Davenport, que morreu de insuficiência cardíaca em 2012.

No Brasil, RuPaul’s Drag Race está disponível na Netflix.