Um dos personagens mais populares dos quadrinhos da Marvel, o Hulk é um caso complicado no MCU há muito tempo.

Inicialmente, o personagem foi retratado por Edward Norton. O longa O Incrível Hulk chegou aos cinemas em 2008, com uma fria recepção com a crítica e um modesto desempenho nas bilheterias.

Apesar disso, muitos fãs ainda adoram O Incrível Hulk e se perguntam por que Norton foi afastado da Marvel.


Acontece que Norton é um artista muito controlador. Ele é conhecido por exigir controle criativo de seus projetos, e às vezes isto traz problemas para as produções.

O Incrível Hulk foi um desses casos, com Norton reescrevendo cenas importantes por conta própria e trazendo tensão para o set.

Para Os Vingadores, Edward Norton e Marvel não chegaram a um consenso. Portanto, outro ator teve que ser escolhido para viver Bruce Banner, também conhecido como Hulk.

Este ator foi Mark Ruffalo, que já era um nome conhecido de Hollywood.

Embora sua abordagem de Hulk atualmente divida opiniões, Ruffalo é um ator premiado. E ele conta com uma história de superação na vida pessoal.

Superação de um tumor

Assim que completou seu trabalho em A Última Fortaleza, de 2001, Mark Ruffalo recebeu uma notícia chocante: ele havia sido diagnosticado com schwannoma vestibular (também conhecido como neuroma acústico).

Para quem não sabe, trata-se de um tipo de tumor cerebral. O tumor foi considerado benigno.

A cirurgia para a remoção do tumor foi tão complicada que Mark Ruffalo teve paralisia facial parcial e sua audição foi afetada.

De acordo com o Guardian, a paralisia diminuiu depois de um ano. No entanto, o ator se tornou surdo em seu ouvido esquerdo.

Depois de Vingadores: Ultimato, Mark Ruffalo continua contratado para dar vida ao Hulk.

Tudo indica que o personagem vai retornar em Mulher-Hulk. A série está em desenvolvimento para o Disney+, e será estrelada por Tatiana Maslany como a personagem do título.

No Brasil, Vingadores: Ultimato, com Mark Ruffalo, está disponível no Amazon Prime Video.