Depois da morte de Chadwick Boseman, seus entes queridos se reuniram para homenageá-lo. De acordo com a People, uma cerimônia particular foi realizada para o falecido ator, que morreu aos 43 anos após uma batalha contra o câncer de cólon.

A cerimônia contou com a presença de sua esposa, Taylor Simone Ledward, e seus companheiros de elenco de Pantera Negra, Michael B. Jordan, Lupita Nyong’o e Winston Duke.

O Sun obteve fotos da cerimônia, que mostram os participantes usando máscaras. O memorial foi realizado em Malibu, Califórnia, com vista para o oceano. A publicação notou que a cerimônia incluía música de tambor e uma exibição floral que cercava a foto de Boseman.


Veja imagens da cerimônia em homenagem a Chadwick Boseman abaixo.

Notícia que chocou o mundo

Os entes queridos e amigos de Chadwick Boseman prestaram homenagem a ele depois que foi anunciado que ele faleceu. Na ocasião, sua equipe confirmou a notícia em suas contas nas redes sociais.

Eles emitiram uma mensagem que dizia, em parte: “Um verdadeiro lutador, Chadwick perseverou em tudo e trouxe para vocês muitos dos filmes que vocês tanto amam.”

“De Marshall: Igualdade e Justiça a Destacamento Blood, Ma Rainey’s Black Bottom e vários outros – todos foram filmados durante e entre inúmeras cirurgias e quimioterapia. Foi a honra de sua carreira dar vida ao Rei T’Challa em Pantera Negra.”

Muitos dos companheiros de elenco de Boseman na Marvel recorreram às redes sociais para divulgar a notícia do falecimento do ator. Claro, os atores de Pantera Negra, incluindo Jordan e Angela Bassett, prestaram homenagem à estrela on-line.

No Instagram, o ator de Creed: Nascido para Lutar escreveu que tem refletido sobre cada momento que compartilhou com Boseman. Ao longo de sua legenda, que acompanhava uma série de fotos dos dois juntos, ele notou que gostaria de ter mais tempo com o amigo.

Jordan escreveu que Chadwick Boseman disse a eles que eles estavam “para sempre ligados”. Como ele explicou na legenda, essa conexão remonta ao início de sua carreira.

Jordan apareceu em All My Children em 2003, assumindo o papel de Reggie Montgomery de Boseman, que foi demitido da novela depois de expressar a preocupação de que o personagem que retratou, que era membro de uma gangue, era um estereótipo racial negativo.

“Uma das últimas vezes que conversamos, você disse que estávamos para sempre ligados, e agora a verdade disso significa mais para mim do que nunca”, escreveu Jordan.

“Desde quase o início da minha carreira, começando com All My Children quando eu tinha 16 anos, você abriu o caminho para mim.”

“Você me mostrou como ser melhor, honrar o propósito e criar um legado. E quer você saiba ou não… tenho observado, aprendido e constantemente sido motivado com sua grandeza.”

Chadwick Boseman retornaria ao MCU com Pantera Negra 2, que estava marcado para maio de 2022. No entanto, a Marvel ainda não anunciou o que vai acontecer com o projeto depois da morte do ator.