Johnny Depp e Winona Ryder estavam na moda na década de 1990. O relacionamento deles foi muito importante naquela década em Hollywood. Todos os fãs queriam um namoro tão romântico quanto o deles.

E quando Depp e Ryder descreveram seu encontro inicial como “amor à primeira vista”, os corações dos fãs se derreteram coletivamente.

É seguro dizer que existiram poucos relacionamentos mais adoráveis em Hollywood desde então, e é por isso que o casal unido por Tim Burton é um grande caso de nostalgia. Com isso dito, vamos dar uma olhada no casal mais querido de Hollywood do início dos anos 90.


Casal icônico dos anos 90

Johnny Depp está fazendo manchetes ultimamente por todos os motivos errados. Principalmente por causa de seu relacionamento tumultuado com a ex-esposa, Amber Heard.

É trágico testemunhar todas essas novas informações inquietantes, considerando que o ator de Edward Mãos de Tesoura costumava ter o relacionamento mais invejável de Hollywood.

O relacionamento de Winona Ryder com Johnny Depp foi tão gentil e civilizado que a atriz de Stranger Things conversou recentemente sobre sua descrença nas alegações de abuso de Heard.

Ryder disse: “A ideia de que ele é uma pessoa incrivelmente violenta é a coisa mais distante do Johnny que eu conhecia e amava.”

“Não consigo entender essas acusações. Ele nunca foi violento comigo. Ele nunca foi abusivo comigo. Ele nunca foi violento ou abusivo com ninguém que eu vi.”

A maneira como Johnny Depp e Winona Ryder descrevem seu primeiro encontro é como algo saído de um filme de romance. Os atores se viram pela primeira vez na estreia de A Fera do Rock.

Em Winona Ryder – The Biography, seu primeiro encontro é melhor descrito. De acordo com o livro:

“Foi na estreia desse filme que Johnny Depp avistou Winona. Eles estavam no saguão do Ziegfeld Theatre de Nova York e, de acordo com ambos, foi amor à primeira vista. ‘Eu estava pegando uma Coca-Cola’, lembra Winona.”

“Mas Depp foi mais preciso. ‘Foi um olhar clássico’, disse ele. ‘Como as lentes de zoom em Amor, Sublime Amor, e tudo o mais fica embaçado.'”

Em um artigo da Rolling Stone de 1991, o relacionamento deles é melhor descrito. Bill Zehme revelou:

“Quando eles se abraçam, eles se abraçam ferozmente em um silêncio concentrado. Seu aperto continua se reagrupando. Eles parecem perdidos um no outro. Ela fuma os cigarros dele, mas nem é fumante.”

Seus encontros noturnos também eram bastante excêntricos. Em vez de simplesmente ir jantar e assistir ao cinema como a maioria dos casais, Johnny Depp e Winona Ryder passavam o tempo participando de atividades artísticas.

Por exemplo, eles liam poesia juntos, compravam as primeiras edições de seus livros favoritos e falavam sobre seu amor por J. D. Salinger.

Em uma entrevista de 2001, Ryder indicou que ela nunca terá um relacionamento como o que ela compartilhou com Depp.

“Tive meu primeiro relacionamento real com Johnny”, disse ela.

“Foi um amor ferozmente profundo, que eu não sei se vou encontrar de novo… O primeiro amor é assim, não é? Eu não sei.”

“Foi uma época muito selvagem, naquela época.”

Johnny Depp voltará como o vilão Gellert Grindelwald em Animais Fantásticos 3, que deve estrear nos cinemas em novembro de 2021. Enquanto isso, Winona Ryder estará na quarta temporada de Stranger Things, que pode estrear na Netflix em algum momento de 2021.