Winona Ryder, atualmente conhecida por Stranger Things, já sofreu muitas críticas na carreira. Algumas curiosas aconteceram após o filme Beetlejuice – Os Fantasmas Se Divertem, de 1988.

A atriz não foi atacada pela imprensa. Na verdade, a estrela de Stranger Things sofreu com o bullying na escola em que estudava.

Após os primeiros trabalhos, Winona Ryder começou a ser atormentada pelos colegas. Com o trabalho em Beetlejuice, passou a ser chamada de “bruxa”.


Como contou em entrevistas, a atriz tinha duas vidas diferentes. Em Hollywood, todos queriam fotos dela no tapete vermelho.

Mas, na escola dela, Winona Ryder não tinha amigos. A famosa garante que sentava sozinha, principalmente na hora do almoço.

Parte disso, a atriz pensa que era por conta do estilo dela, diferente dos colegas. Algumas colegas costumavam jogar salgadinho nela, porque ela tinha “corte militar e gostava de Sex Pistols”.

Atriz de Stranger Things foi atacada

Após Beetlejuice, a situação piorou. A estrela de Stranger Things era jogada nos armários e até atiravam comida nela.

Com o filme, sucesso na época, Winona Ryder pensava que as coisas poderiam melhorar. Porém, não foi o caso.

“Eu lembro de pensar, ‘Oh, é o filme número 1. Vai fazer sucesso na escola’. Mas, tudo ficou pior. Eles me chamaram de bruxa”, relembrou a atriz de Stranger Things para Rolling Stone.

A situação se tornou pesada para Winona Ryder. Como contou na entrevista, ela acabou expulsa mesmo sendo alvo dos colegas – solução polêmica encontrada pela escola.

“Eles bateram minha cabeça no armário. Eu caí no chão e começaram a me chutar. Eu fiz pontos. Mas, a escola me expulsou e não eles”, completou a famosa.

Anos mais tarde, a atriz de Stranger Things se vingou. Uma ex-colega pediu um autógrafo e ela recusou.

Winona Ryder volta na 4ª temporada de Stranger Things. A série tem 3 temporadas na Netflix.