O cantor Akon disse que todas as acusações de pedofilia contra Michael Jackson fazem parte de uma propaganda para pintar o Rei do Pop como uma figura negativa e roubar seu catálogo de música.

O cantor de 47 anos também disse (via The Sun) que Jackson não teve nada a ver com as acusações e era inocente.

Elaborando, Akon disse que várias pessoas queriam um pouco do dinheiro e o catálogo de Michael Jackson. Eles também estariam interessados no catálogo da Sony ATV, que inclui os sucessos dos Beatles.


O rapper disse que em 1985, Michael Jackson gastou 47 milhões de dólares para superar a oferta de Paul McCartney pelos direitos das canções dos Beatles.

Em entrevista ao Vlad TV, Akon defendeu o Rei do Pop novamente.

“Tudo aquilo foi propaganda, porque Mike estava fazendo grandes coisas no mundo das publicadoras e música. Eu sempre senti que ele estava comprando grandes propriedades. E ele não venderia de volta, ou não ofereceria opções de venda”, disse Akon.

“Então, é claro, há seu próprio catálogo… lutaram por causa disso. Michael realmente queria poder, porque ele era super esperto e entendia o que isso valia para a América”, continuou o cantor.

Hábitos secretos

O mundo foi pego de surpresa com a morte de Michael Jackson em junho de 2009, mas até hoje há segredos sobre sua vida que o público ainda não sabe. Agora vamos passar sobre algumas das coisas peculiares sobre a vida do Rei do Pop.

Os seguranças de Michael Jackson, Bill Whitfield e Javon Beard falaram ao Express sobre o que o Rei do Pop carregava consigo o tempo todo.

Segundo os seguranças, ele era paranoico e estava pronto para fugir a qualquer momento.

Por isso, ele sempre carregava uma maleta com 200 mil dólares em dinheiro, os passaportes de seus filhos e o Oscar de E o Vento Levou, comprado pelo artista por 1,54 milhões de euros.

Além disso, segundo os seguranças, Jackson tinha duas namoradas secretas.

“O Sr. Jackson tinha, ao menos, duas namoradas secretas, que viviam fora do país. Nós as conhecemos quando elas vinham para visitar durante férias em Middleburg, Virginia. Ele mantinha suas presenças um segredo de sua família, empresários, até dos seus filhos”.

“Somente sabíamos sobre a chegada delas e jamais disseram seus nomes verdadeiros; ele se referia a elas somente como Friend e Flower [Amiga e Flor]”.

Os seguranças ainda disseram que Michael Jackson fazia os filhos usarem máscaras para esconder a identidade deles dos paparazzi e chegou a usar codinomes para eles, os usando em ligações no rádio.

Outros fatores sobre Michael Jackson foram descobertos durante sua autópsia. Primeiro que ele era bem saudável, tinha marcas de agulhas nos braços e também contava com algumas tatuagens secretas.

Ele também sofria de vitiligo, com falta de pigmentação na pela ao redor do rosto, peitoral, abdome e braços.

O cantor também tinha artrite e um pouco de dano no pulmão, conforme averiguou o médico legista.