Dakota Johnson teve sua carreira catapultada em razão de seu papel em 50 Tons de Cinza, mas a história da atriz está ligada ao cinema desde que nasceu. Agora vamos vislumbrar um pouco da sua transformação ao longo dos anos.

Filha de Melanie Griffith e neta de Tippi Hedren, de Os Pássaros, Johnson já é de família que causou impacto na Sétima Arte. Ainda assim, ela buscou criar seu próprio caminho na indústria – vide a não utilização do sobrenome da mãe e avó.

Ainda assim, a estrela de 50 Tons de Cinza não teve uma infância fácil. Ela já revelou que teve de se mudar constantemente e, conforme foi ficando mais velha, teve de lidar com a fama da sua família.


A atriz ainda revelou que constantemente perguntavam sobre histórias da sua família e chegaram até mesmo a inventar histórias sobre ela, incluindo que ela teria feito reabilitação de drogas quando adolescente. Trata-se de uma mentira.

Quando chegou o ponto de escolher qual carreira seguiria, Dakota Johnson também já revelou que não foi incentivada pela família a ser atriz, isso foi uma decisão dela.

“Eu pensei, isso é o que minha família faz. É tipo, meu pai é um advogado, então sou advogada”, disse Dakota Johnson à Vogue.

Dakota Johnson tem pouco mais de 30 anos, mas já tem uma carreira bastante prolífica. Além dos filmes da franquia 50 Tons de Cinza, ela já estrelou outras 31 produções, incluindo o remake de Suspiria, A Rede Social e A Batida Perfeita.

Veja abaixo algumas fotos da atriz ao longo dos anos.

Desconforto em cenas de sexo

Cenas de sexo não são fáceis de serem gravadas e envolvem muita preparação tanto por parte dos atores, quanto do restante da produção em si. 50 Tons de Cinza, é claro, não é exceção.

Tais cenas são discutidas e são inseridas no contrato previamente à escalação dos atores e atrizes, como um passo de minimizar o constrangimento e não trazer qualquer surpresa desagradável para os atores.

Ainda assim, obviamente, é uma experiência constrangedora e o ator Jamie Dornan, o Christian Grey de 50 Tons de Cinza, revelou que usava o humor para ajudar todos a se sentirem mais confortáveis durante essas cenas.

“Minha tentação sempre era fazer Dakota [Johnson] rir, então algumas vezes, eu fazia coisas tipo, quando há algum momento em que eu devia, sabe, ter um orgasmo, eu fazia tipo [faz barulhos de música em partidas de esportes]”, disse o ator de 50 Tons de Cinza.

Sem dúvidas, isso deve ter ajudado bastante a equipe e elenco do filme se descontrair.