Jason Momoa lutou para encontrar trabalho depois de estrelar Game Of Thrones, já que os diretores de elenco presumiram que ele não falava inglês.

O havaiano conquistou legiões de fãs como o rei guerreiro nômade Khal Drogo na série de fantasia de sucesso – mas falava principalmente em uma linguagem inventada. Como resultado, quando o personagem foi morto no final da primeira temporada, ele lutou para conseguir empregos como ator.

“Não trabalhei muito depois disso”, disse ele ao apresentador do programa de bate-papo do Reino Unido, Graham Norton.


“O personagem não fala inglês, ele não é engraçado e ele apenas machuca as pessoas. Eu interpretei bem aquele personagem, então foi um pouco desafiador depois.”

“As pessoas diziam literalmente: ‘Uau, você fala inglês.'”

Praticamente falido

Jason Momoa confessou que seu trabalho como ator o deixou lutando para conseguir dinheiro.

Ele explicou: “Era 2013 e eu estava literalmente falido – mas o futuro seria brilhante! Não consegui dizer nada a ninguém durante anos e não consigo guardar um segredo para salvar minha vida. Foi muito difícil para mim, estou feliz por estarmos aqui agora.”

Jason Momoa é atualmente o intérprete de Aquaman, super-herói da DC que faz parte da Liga da Justiça.

O filme de Aquaman de 2018 fez grande sucesso em bilheteria, arrecadando mais de US$ 1 bilhão mundialmente.

A DC já está desenvolvendo uma sequência de Aquaman, com Jason Momoa retornando ao papel de Arthur Curry. A estreia deve acontecer em dezembro de 2022.

No Brasil, Game of Thrones, com Jason Momoa, está agora disponível no HBO Go.