O processo do divórcio de Angelina Jolie e Brad Pitt já dura anos, tendo se tornado uma grande briga pela guarda dos filhos. Agora, alguns novos detalhes foram divulgados por uma advogada de divórcio.

Em entrevista ao Nicki Swift, a advogada Maria Barlow trouxe algumas informações sobre o processo entre o ex-casal.

“Jolie e Pitt são legalmente divorciados, mas a luta continua. O casal ainda está lutando pelo dinheiro e as crianças”, disse a advogada. Os dois têm seis filhos juntos.


“Lutar por anos pelas crianças nunca é algo bom, visto que isso cria problemas tão profundos que se torna impossível cuidar dos filhos juntos. Eles têm lutado há tanto tempo que as crianças já estão crescendo”, continuou.

Além disso, Maria Barlow disse que os dois deveriam considerar o impacto que isso terá quando seus filhos crescerem e começarem a pesquisar sobre o histórico dos pais.

A advogada também disse que Angelina Jolie cometeu um grande erro, ao, supostamente, tentar manter Brad Pitt longe dos filhos.

“O juiz se preocupa com o que é melhor para a criança, ele considera o quão bem os pais se dão juntos e a habilidade de manter um relacionamento com o outro”, disse Barlow, que acrescentou que a situação “não parece promissora para Jolie”.

Além disso, a advogada revelou: “o tribunal ordenou que Jolie não monitorasse o contato eletrônico entre Pitt e as crianças. Se descobrirem que ela está monitorando as chamadas, ou não seguindo as ordens judiciais, ela pode ser processada, ou pior – podendo perder custódia dos filhos”.

Presentes caros

Quando Brad Pitt e Angelina Jolie se conheceram no set de seu filme Sr. e Sra. Smith em 2004, Pitt era casado com a atriz Jennifer Aniston.

As fotos tiradas no set do filme mostram os dois ficando bastante íntimos um do outro – e embora ambos tenham negado inicialmente os rumores de relacionamento, no início de 2005, Pitt e Aniston anunciaram sua separação.

Poucos meses depois de Pitt e Aniston iniciarem o processo de divórcio, Pitt posou com Jolie em uma sessão de fotos onde eles fingiram ser um casal há muito casado. Para o público, a sessão de fotos foi uma prova positiva de que os dois tinham um romance.

O divórcio deles pode ter sido amargo, mas naquela época, Brad Pitt mostrou a Angelina Jolie o quanto a amava comprando alguns presentes incrivelmente caros.

Possivelmente, o presente mais extravagante que Pitt já deu a Jolie foi seu anel de noivado – supostamente, Pitt trabalhou no design personalizado por mais de um ano com um amigo joalheiro e trabalhou duro para garantir que a peça fosse projetada para caber apenas em sua mão.

Além disso, depois que Jolie terminou de trabalhar em seu projeto de paixão, o filme Invencível, Pitt comemorou o momento especial em sua vida, presenteando-a com uma pintura a óleo do herói do filme, Louis Zamperini.

O custo exato da pintura não foi informado, mas considerando que Jolie e Zamperini eram muito próximos, provavelmente foi um presente inestimável para a atriz.

Jolie não era desleixada quando se tratava de dar presentes caros. Em 2011, a atriz deu a seu parceiro de longa data um pingente de diamante gravado com uma carta de amor, que teria custado seis dígitos.

Certa vez, ela também deu a ele um helicóptero completo com aulas de voo, avaliado em mais de US$ 1,6 milhão. Ainda assim, um dos presentes mais amplamente divulgados que Jolie já deu a Pitt foi uma oliveira de 200 anos, que ela comprou para o ator em 2010 pela soma relatada de US$ 18.500.

A árvore foi plantada na propriedade francesa de Brad Pitt e Angelina Jolie, onde presumivelmente permaneceu por anos até sua separação em 2016.

Não se sabe se Pitt ganhou a oliveira em seu acordo de divórcio, mas considerando que a oliveira é historicamente considerada um símbolo de paz, parece um pouco improvável.

O próximo filme de Angelina Jolie é Eternos, da Marvel, que estreia em fevereiro de 2021. Já Brad Pitt estará em Babylon, com estreia marcada para dezembro de 2021.