Ator de Velozes e Furiosos, Dwayne Johnson está em alta há mais de algumas décadas. Ele é um dos atores mais bem pagos do planeta e se casou com sua parceira de longa data, Lauren Hashian, em 2019.

E embora Johnson e sua família tenham lutado contra o coronavírus em 2020, tudo parece estar indo muito bem para o ator em geral. Quer um exemplo?

Em agosto de 2020, o astro de Velozes e Furiosos e sua parceira de negócios, Dany Garcia, compraram a liga de futebol em dificuldades, XFL, por US$ 15 milhões, de acordo com a CBS Sports.


O ator e Garcia também fundaram juntos o grupo de produção Seven Bucks Productions, que desenvolveu o remake de Baywatch e Jumanji – Próxima Fase, bem como Jungle Cruise, de acordo com a Newsweek. Mas espere – isso não é tudo.

Garcia e Dwayne Johnson colaboraram em outro projeto significativo quando deram as boas-vindas à sua filha, Simone, em 2001. Sim, você leu certo – a ex-esposa do ator da Califórnia também é sua parceira de negócios.

O casal se separou em 2007 (o divórcio foi finalizado um ano depois) após 10 anos de casamento, e Garcia é empresária e parceira de negócios de Johnson desde 2008, de acordo com a Newsweek. Então, se Johnson e Garcia trabalham bem juntos, por que eles se separaram em primeiro lugar?

Vamos examinar mais de perto o motivo do divórcio.

Por que se divorciaram?

Os divórcios de Hollywood mal chegam às manchetes atualmente, já que, infelizmente, a separação de pessoas famosas não é incomum.

Mas o que é indiscutivelmente raro? Que um ex-casal famoso construa um negócio próspero. No entanto, a parceria parece funcionar muito bem para Dany Garcia e Dwayne Johnson.

Garcia disse à Marie Claire em 2017: “Algumas pessoas passam por uma separação e não há conversa, e é uma época sombria, e uma pessoa vai embora, mas nunca foi o nosso caso. Fomos nessa jornada juntos.”

“Íamos mudar a maneira do relacionamento juntos. Nos falávamos todos os dias e várias vezes ao dia – não apenas sobre negócios, mas sobre o que estava acontecendo pessoalmente.”

Especialmente no negócio do entretenimento, os divórcios podem devastar carreiras e finanças, então é muito legal esses dois terem conseguido resolver isso. Embora Garcia não tenha revelado o que acabou com o casamento, parece que eles foram capazes de colocar o que quer que tenha acontecido no passado.

No entanto, sua maturidade não anulou a dor do divórcio. O ator de Velozes e Furiosos explicou ao Wall Street Journal que seu primeiro divórcio “prejudicou-o”, acrescentando: “Não estava com medo de me casar de novo; havia apenas alguma hesitação.”

Garcia resumiu bem a relação complicada do ex-casal, dizendo à espnW: “Temos tanta história. Estávamos separados. Sempre tivemos respeito um pelo outro, e esse respeito permite que a amizade continue.”

No cinema, o próximo trabalho de Dwayne Johnson será Jungle Cruise, da Disney. O filme chegará aos cinemas em julho de 2021.