Sam Smith recentemente foi visto beijando o designer François Rocci em um pub ao Norte de Londres. Ele disse que a dor da separação com o astro de 13 Reasons Why, Brandon Flynn, finalmente acabou.

Em entrevista ao Capital Breakfast, o cantor de 28 anos contou sobre seu novo álbum, Love Goes, e o término da sua relação.

“No álbum anterior, eu falava sobre o amor e realmente focava na dor. Este álbum é mais tipo, ‘estou de coração partido. Preciso entrar no estúdio e não quero falar sobre isso; só quero dançar”.


“Então acabamos dançando e falei sobre isso por meio da dança um pouco. Então é um álbum de término, mas também é uma forma de se livrar dessa dor, dançar até ela ir embora”.

Sam Smith e Brandon Flynn terminaram em 2018, depois de serem vistos juntos em outubro de 2017.

Novo álbum para um novo romance

Seu novo álbum, Love Goes, deveria ter sido lançado em junho, mas foi adiado para 30 de outubro em razão da pandemia do novo coronavírus.

Sam Smith, como dito antes, encontrou mais um romance durante a pandemia e foi visto beijando o designer François Rocci.

“Sam parecia totalmente focado no cara. Eles se olhavam e se beijavam por cima da mesa”, disse uma fonte do Metro.

Sam Smith ainda disse que o álbum lidaria com sua identidade de gênero, como pessoa não-binária.

Originalmente, o disco se chamaria To Die For, mas o cantor considerou desrespeitoso com todas as pessoas que estão sofrendo com o coronavírus atualmente.

Como dito antes, Love Goes lança no dia 30 de outubro de 2020.