Charlie Sheen tem uma longa carreira em Hollywood. Depois de parecer que havia sumido, retornou nos anos 2000 com Two and a Half Men.

Porém, esse retorno durou quase uma década. Com diversas polêmicas, Charlie Sheen deixou a série brigado – vendo até o próprio personagem ser morto na histórica.

O famoso tentou emplacar mais uma comédia na TV. Até 2014, esteve em Anger Management.


A série acabou cancelada e Charlie Sheen nunca mais teve um trabalho de destaque. Com isso, muitos fãs perguntam: A carreira de Charlie Sheen em Hollywood chegou ao fim?

Fim de carreira para Charlie Sheen

Ao que parece, Charlie Sheen foi realmente cancelado por Hollywood. Muito disso se deve ao fato do comportamento polêmico nos bastidores e os abusos de álcool e drogas.

Fora isso, o ator tem um histórico de agressões e atitudes abusivas contra ex-esposas e ex-namoradas.

O que mostra que a carreira do ator de Two and a Half Men pode ter chegado ao fim é o histórico recente dele. Desde 2014, Charlie Sheen teve oito aparições em curtas e projetos desconhecidos.

Outro fator é a fortuna do famoso. Em 2012, informações eram de que o artista tinha US$ 125 milhões.

Quase 10 anos depois, Charlie Sheen teria cerca de US$ 10 milhões. O ator de Two and a Half Men teria conseguido perder 90% da fortuna dele.

No auge de Two and a Half Men, o ator chegou a ganhar US$ 1,8 milhão por capítulo. Isso até que em 2011 reclamou publicamente de Chuck Lorre e foi demitido.

Depois de todas polêmicas, Charlie Sheen teria conseguido ficar sóbrio nos últimos dois anos. Porém, Hollywood parece não querer mais o ator de volta.