Publicidade

Angelina Jolie deve se preocupar com Brad Pitt, diz especialista

Publicado por Alexandre Guglielmelli

08/10/2020 21:00

Com uma carreira de mais de 30 anos, Angelina Jolie se estabeleceu com uma das atrizes mais conceituadas de Hollywood, na frente e por trás das câmeras.

Descrita como “uma das figuras mais influentes da indústria do entretenimento”, Jolie também é conhecida por seus importantes trabalhos humanitários, principalmente na defesa dos refugiados.

Em seu casamento com Brad Pitt, Angelina Jolie teve 6 filhos: Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Vivienne e Knox.

O processo de divórcio dos astros, por envolver muito dinheiro e a custódia de 5 menores, é um dos mais complicados e extensos do mundo do entretenimento. Recentemente, Jolie tomou uma decisão bastante polêmica.

Confira abaixo!

Estratégia processual?

De acordo com o site Nicki Swift, em agosto deste ano Angelina Jolie entrou com uma petição para remover o juiz John W. Ouderkirk de seu processo de divórcio. A equipe jurídica da atriz afirmou que o magistrado não revelou seu “relacionamento profissional” com Brad Pitt e seus advogados.

“Tudo que a minha cliente está pedindo é um processo justo, baseado em evidências e sem interesses especiais ou favores para qualquer lado. A única maneira para os litigantes confiarem no processo é a garantia de que todos os envolvidos são transparentes e imparciais”, afirmou Samantha Bley DeJean, a advogada da atriz.

Neama Rahmani, a presidente da firma West Coast Trial Lawyers, concordou e disse que o juiz “favorece Brad Pitt devido a suas conexões pessoais”. Ouderkirk oficializou a cerimônia de casamento de Pitt e Jolie em 2014.

Uma fonte contou à revista Us Weekly que Brad Pitt ficou injuriado com o pedido da ex-esposa.

“Aparentemente, ele não tem outra opção a não ser revidar e lutar contra isso”, afirmou o informante.

O processo de divórcio de Angelina Jolie e Brad Pitt está longe de ser amigável, principalmente em relação à guarda dos filhos. A advogada Christina Previte, consultada pelo Nicki Swift, explicou que o pedido da atriz pode causar ainda mais problemas.

“Quando um litigante pede pela substituição de um juiz, especialmente quando o processo já começou, na maioria das vezes é porque ele ou ela não está conseguindo um resultado favorável com o juiz original” afirmou a especialista em direito de família.

De acordo com a advogada, Angelina Jolie tem o direito de se preocupar com a relação do juiz com Brad Pitt, já que o veredito pode ser influenciado por interesses pessoais.

“O fato do juiz e Brad Pitt já terem um relacionamento longo prova que a Angelina está preocupada com a possibilidade de não conseguir o resultado que queria, e por isso quer trocar de magistrado” comentou Previtte.

Brad Pitt luta pela guarda compartilhada, enquanto Jolie tenta manter a custódia integral dos filhos, supostamente para levá-los para outro país.

O pedido da atriz ainda não foi analisado pela corte.

Publicidade