Depois de uma longa batalha judicial, o divórcio de Jesse Williams, de Grey’s Anatomy, oficialmente chegou ao fim. O juiz finalizou o processo da separação do ator com Aryn Drake Lee.

Conforme documentos obtidos pelo TMZ, o casal conta com guarda conjunta dos seus dois filhos, Maceo e Sadie. Eles precisam decidir juntos, contudo, sobre publicação de imagem das crianças nas redes sociais.

Em relação aos seus bens e negócios, Aryn ficará com a casa em Los Angeles, além de outros imóveis no Brooklyn e Oakland. Além disso, ela ficará com o Audi Q7, de 2017, e o Q5, de 2018. O astro de Grey’s Anatomy, por sua vez, fica com o Porsche Cayenne, de 2018.


Ele também ficará com os US$ 936.810 que fez com sua atuação em Grey’s Anatomy desde a separação em 2017, quando o processo de divórcio foi iniciado.

Jesse Williams, contudo, ficou devendo uma quantia exorbitante em pensão para seus filhos. Os documentos dizem que ele deve US$ 50.629, por mês, para as duas crianças, desde outubro de 2019. Em reais, a quantia acumulada equivale a R$ 11,6 milhões.

17ª temporada

Grey’s Anatomy deve demorar um pouco para chegar com a 17ª temporada. Geralmente, a série médica estreia novos episódios no começo do segundo semestre.

Mas, em 2020, a pandemia do coronavírus (COVID-19) atrapalhou os planos. Além de encerrar antes a 16ª temporada, o novo ano foi adiado.

Nos Estados Unidos, a estreia está marcada para 12 de novembro. Em contrapartida, os fãs brasileiros terão que esperar mais um pouco – mas não tanto.

Nas redes sociais, o canal Sony anunciou que a 17ª temporada de Grey’s Anatomy chega em janeiro de 2021. No Brasil, a emissora é responsável pela exibição na TV.

Apesar do anúncio, uma data específica não foi revelada. Enquanto isso, os fãs podem ver a série na Amazon Prime Vídeo, Netflix e Globoplay.

Confira abaixo a publicação do canal Sony sobre Grey’s Anatomy.