Publicidade

Estrela de Game of Thrones teve medo de morrer após cirurgia

Publicado por Victor Carvalho

01/10/2020 19:55

Em 2012, Emilia Clarke saiu de uma cirurgia no cérebro e voltou direto para o trabalho em Game of Thrones.

A atriz acabara de receber uma cirurgia de emergência devido a uma hemorragia cerebral e apresentava um segundo tumor no cérebro.

O médico disse que havia uma pequena chance de a segunda lesão “estourar a qualquer momento”, mas a atriz, famosa por sua interpretação de Daenerys Targaryen, ainda insistiu em voltar ao trabalho.

“Eu tinha o medo constante de ter outra hemorragia cerebral. Passei muito tempo pensando: ‘Vou morrer? Isso vai acontecer no set? Porque isso seria muito inconveniente'”, explicou a atriz ao jornalista James Hibberd, da Entertainment Weekly.

“E com qualquer tipo de lesão cerebral, isso deixa você com uma fadiga indescritível. Eu estava tentando tanto manter isso em segredo.”

Medo constante

No próximo livro oficial dos bastidores de Game of Thrones de Hibberd, “Fire Cannot Kill a Dragon”, Clarke entrou em detalhes sobre sua provação nas filmagens após a lesão.

A condição de Clarke era tão delicada na época que depois de filmar uma cena para o seriado em um deserto quente na Croácia, ela teve que sair de uma entrevista agendada devido a uma “insolação”.

Mas a atriz não queria decepcionar ninguém.

“Em todos os meus anos na série, nunca coloquei a saúde em primeiro lugar, provavelmente por isso que todo mundo estava se preocupando, já que eles podiam ver isso. Eles não queriam me cansar muito”, disse ela sobre sua mentalidade na época.

“Eu ficava tipo: ‘Não pensem que sou um fracasso; não pensem que não posso fazer o trabalho para o qual fui contratada. Por favor, não pensem que vou estragar tudo a qualquer momento.’ Eu tinha o bilhete dourado do Willy Wonka. Eu não estava prestes a desistir disso.”

No Brasil, Game of Thrones está agora disponível no catálogo do HBO Go.

Publicidade