Paris Jackson, a filha de Michael Jackson, está preocupando os fãs. A famosa noticiou que dois amigos dela morreram.

Além de ser algo extremamente trágico, ainda há uma preocupação. Paris lutou contra ansiedade e depressão, o que deixa os fãs pensando sobre a saúde mental dela nesse difícil momento.

A filha de Michael Jackson revelou a morte dos amigos em uma diferença de 15 minutos. Os jovens, que eram próximos dela, são Noah Grey e Sofia.


Não foi revelado os motivos das mortes. Porém, ao que parece, foram casos distintos.

Paris fez homenagens separadas. Ao mesmo tempo, usou imagens com os amigos.

“Noah, você era especial, eu juro que aquele sorriso de dente lascado trouxe luz de sol pura em cada cômodo que entrou. Sinto muito que a vida foi tão difícil para você, e o mundo tão cruel. Você merecia nada além de luz, alegria e amor, pois foi isso que você trouxe para a vida das pessoas que o conheceram. Me dá paz saber que agora você está cercado por essas coisas e não mais sentindo dor. Descanse em transição, irmãozinho. Você nunca será esquecido”, escreveu a filha de Michael Jackson sobre o amigo.

Depois, foi a vez de Paris lembrar Sofia. O fato trágico deixou também os fãs abatidos.

“Um amigo morrendo já seria demais, odeio isso. Sofia, muito obrigada por todos os abraços, risos e amizade. Nunca houve um momento de tédio com você. Você entrou na minha vida quando eu realmente precisava, e gostaria de ter estado ao seu lado no final. Você fará falta para muitas pessoas”, publicou Paris.

Confira imagens usadas nas postagens, que depois foram apagadas por Paris Jackson.

Outros amigos e famosos ficam preocupados

Após as publicações, muitas pessoas enviaram sentimentos para Paris Jackson. Alguns famosos também mandaram mensagens de carinho.

“Meu bem, eu sinto muito”, escreveu Ruby Rose. A atriz foi conhecida por ser a Batwoman na TV.

Paris Hilton também se pronunciou. “Sinto muito por sua perda, irmã”, publicou a famosa.

Os fãs torcem que Paris Jackson consiga superar esse momento. A famosa conta abertamente como ainda sofre pela morte de Michael Jackson, que aconteceu em 2009.

Após as publicações, a filha do Rei do Pop não se pronunciou mais.