O astro do cinema de ação Jean-Claude Van Damme resgatou um filhote de chihuahua de três meses que estava destinado à eutanásia após ser pego em uma briga por causa de um passaporte falso.

O ator de Hollywood fez campanha em nome do cão que foi vendido a novos proprietários na Noruega em setembro.

As autoridades locais se recusaram a registrar o filhote de chihuahua porque havia viajado para o país com um passaporte búlgaro falso.


A Noruega tentou repatriar o cachorro, mas a Bulgária se recusou a levá-lo por causa das regras da União Europeia sobre o transporte de animais vivos, deixando o cachorro enfrentando a eutanásia – até que Jean-Claude Van Damme se envolveu.

O ator compartilhou um emocionante vídeo de apelo em seu Facebook, tendo anteriormente instado fãs no Twitter e Instagram a assinarem uma petição para salvar a vida do filhote de chihuahua.

https://www.facebook.com/watch/?v=377184799989291

Campanha pelo bem do filhote de chihuahua

No vídeo, Van Damme, sentado com o próprio chihuahua no colo, enfatiza sua ligação com a Bulgária, dizendo que fez muitos filmes lá e ama o país.

“Peço, por favor, pelo meu aniversário, que a Autoridade de Segurança Alimentar mude sua decisão”, escreveu Van Damme, lançando uma petição para salvar o cachorro.

“As pessoas que não fizeram a papelada direito cometeram um erro… Mas não podem matar este chihuahua.”

O ator acrescentou, sem entrar em detalhes, que matar o cachorro resultaria em má sorte para o futuro.

Seus esforços foram recompensados, com a Autoridade de Segurança Alimentar da Bulgária concordando em aceitar o cachorro de volta pouco depois do início da campanha de Jean-Claude Van Damme nas redes sociais.

O próximo filme com Jean-Claude Van Damme é The Last Mercenary, que ainda não conta com data de lançamento.