Publicidade

Irmão de Chadwick Boseman, o Pantera Negra, revela emocionante conversa final

Publicado por Guilherme Coral

05/10/2020 10:16

O falecimento de Chadwick Boseman, o Pantera Negra, pegou todos os fãs de surpresa, mas sua família, é claro, já sabia da luta do astro contra o câncer de cólon. Agora, o irmão mais velho do ator da Marvel contou sobre sua última conversa com ele.

Derrick Boseman é pastor e relatou ao New York Times sobre a última conversa entre ele e Chadwick Boseman.

“Ele me falou, ‘cara, estou no fim da partida’, e disse que tinha que sair do jogo. Quando ele me disse isso eu mudei as minhas orações, de ‘Deus, cure ele, salve ele’, para ‘Deus, faça a sua vontade’. No dia seguinte ele morreu”.

Pelo jeito, o ator de Pantera Negra já estava ciente de que, infelizmente, não duraria muito.

Derrick é pastor na cidade de Murfreesboro, no Tennessee. Já Chadwick Boseman ainda vai aparecer em mais um filme: A Voz Suprema do Blues.

O último filme de Chadwick Boseman

A Voz Suprema do Blues traz a Rainha do Blues, Ma Rainey, como a principal personagem. Ela é vivida por Viola Davis.

O longa com o astro da Marvel é baseado em uma peça de August Wilson. A história se passa em 1927, em uma tumultuada sessão de gravação de Ma Rainey.

O ator de Pantera Negra entra na história com o essencial papel do trompetista Levee. Como indica a sinopse, ele também tem bastante destaque nessa trama.

A descrição do filme da Netflix traz que na gravação, a destemida Ma “começa uma batalha contra o empresário branco e produtora sobre o controle de sua música”. Enquanto isso, na sala de espera da gravadora, o personagem de Chadwick Boseman deve assumir o controle.

“Enquanto a banda espera na claustrofóbica sala de ensaio, o trompetista Levee (Chadwick Boseman) – que está interessado na namorada de Ma e está decidido a deixar a própria marca na indústria da música – estimula os seus colegas músicos com histórias reveladoras que vão mudar o curso de suas vidas”, completa a sinopse do filme.

O elenco tem ainda Glynn Turman, Colman Domingo e Michael Potts. A direção é de George C. Wolfe e o roteiro fica com Ruben Santiago-Hudson.

A Voz Suprema do Blues estreia em 18 de dezembro de 2020, na Netflix.

Publicidade