Um caso viralizou nas redes sociais. Parte disso se deve por conta do apelido de um dos envolvidos: Jackie Chan, assim como o famoso ator.

Em Ouro Branco, Minas Gerais, Jackie Chan e um amigo foram pegos por câmeras de uma lanchonete em briga com um entregador. O motoboy surrou os dois após ser ameaçado.

A briga aconteceu no dia 12 de outubro. Após o vídeo viralizar, as autoridades explicaram o caso.


O delegado Marcelo Fonseca Prado contou ao G1 que a briga começou por conta de ciúmes. Jackie Chan, que tem o nome de Rafael Junior da Costa Vieira, achou que o motoboy fosse o homem que ele procurava – que teria ligação com a sua namorada.

Primeiro, Costa e o amigo, embriagados, teriam ameaçado o motoboy e levado uma surra. Depois, teriam voltado com uma arma de fogo ao local.

“O homem chegou na lanchonete com o comparsa, também embriagado. Eles discutiram e entraram em vias de fato. O motoboy bateu nos dois e, em seguida, pegou a motocicleta e saiu. Inconformado, Jackie pegou a arma de fogo em casa e voltou à lanchonete. Ele deu um tiro para o alto”, relata o delegado.

Inicialmente, Jackie Chan foi detido por tentativa de homicídio. Mas, o crime foi descartado e o homem foi indiciado pelos crimes de embriaguez ao volante, disparo de arma de fogo e dano ao patrimônio público.

Relembre o vídeo abaixo.

Jackie Chan verdadeiro faz revelação

O ator Jackie Chan explicou recentemente por que está relutante em aparecer em produções de Hollywood ultimamente.

Chan fez uma pausa nos papéis de Hollywood para se concentrar em estrelar produções chinesas, incluindo o filme de fantasia Contos do Caçador de Sombras, conforme relatado pelo Filmelier.

Quando questionado sobre por que decidiu deixar o cinema dos Estados Unidos, Jackie Chan respondeu que “nunca saiu da América”, apenas que não conseguia “encontrar o roteiro certo”.

Depois de interpretar o Sr. Han no remake de Karatê Kid em 2010, Chan disse: “Recebi tantos roteiros, mas o papel é sempre o de um policial de Hong Kong!”

Foi só sete anos depois que Chan aceitou um papel em Hollywood com O Estrangeiro.

“Quero ter certeza de que a cada ano o público poderá ver muitos lados diferentes de Jackie Chan”, disse ele. “Gostaria que o público me considerasse um ator capaz de fazer ação, não apenas uma estrela de ação. Não gosto de me repetir”, acrescentou Chan.

Na entrevista, ele afirmou que espera assumir papéis mais diversos, principalmente no lado dramático. No entanto, ele fez questão de esclarecer que não descartou filmes de comédia de ação e que continuará a fazê-los no futuro, desde que possa trabalhar em “outros gêneros” também.

Em Hollywood, Jackie Chan estrelou filmes como A Hora do Rush, Bater ou Correr e O Terno de Dois Bilhões de Dólares, entre outros tantos.