As celebridades estadunidenses continuam a fazer campanha para que os seus fãs votem nas vindouras eleições presidenciais. Agora, Jennifer Aniston é quem demonstrou a importância do voto, fazendo um pedido contra Kanye West.

Kanye West anunciou que se candidataria à presidência em julho, por meio do seu partido, criado pouco antes, Birthday Party (partido de aniversário, que também pode ser lido como festa de aniversário).

Jennifer Aniston ressaltou que as eleições não são brincadeira e pediu para que os fãs não votassem em West.


“Votei em Joe Biden e Kamala Harris. Eu entreguei minha cédula e bem cedo. Votei neles porque agora nosso país está mais dividido que nunca. Agora, alguns homens no poder decidem o que as mulheres podem e não podem fazer com seus próprios corpos. Nosso atual presidente decidiu que o racismo não é um problema. Ele repetidamente e publicamente ignorou a ciência… muitas pessoas morreram”, começa a publicação da estrela de Friends.

“Peço que vocês realmente considerem quem será mais afetado por essa eleição, se ficarmos no caminho que estamos agora… suas filhas, a comunidade LGBTQ+, nossos irmãos negros e irmãs negras, os idosos com problemas de saúde, seus futuros filhos e netos (que deverão salvar um planeta que nossa liderança se recusa a acreditar que está em apuros)”.

“Tudo isso não é sobre um candidato, ou um único problema, é sobre o futuro deste país e do mundo. Votem por direitos humanos iguais, por amor e por decência”.

No fim, Jennifer Aniston deixou claro que não é uma brincadeira, pedindo que os fãs lidem com essa questão com seriedade.

“PS – Não é engraçado votar para Kanye. Não sei como dizer isso de outra maneira. Por favor, sejam responsáveis”.

Veja a publicação original, abaixo.

Ver essa foto no Instagram

#IVOTED for @joebiden and @kamalaharris. I dropped my ballot off, and I did it early 👏🏼 I voted for them because right now this country is more divided than ever. Right now, a few men in power are deciding what women can and can’t do with their own bodies. Our current President has decided that racism is a non-issue. He has repeatedly and publicly ignored science… too many people have died. ⠀ I urge you to really consider who is going to be most affected by this election if we stay on the track we’re on right now… your daughters, the LGBTQ+ community, our Black brothers and sisters, the elderly with health conditions, and your future kids and grandkids (who will be tasked with saving a planet that our leadership refuses to believe is hurting). ⠀ ⠀ This whole thing isn’t about one candidate or one single issue, it’s about the future of this country and of the world. Vote for equal human rights, for love, and for decency. ⠀ ❤️🗳⠀ ⠀ ⠀ PS – It’s not funny to vote for Kanye. I don’t know how else to say it. Please be responsible 🙏🏼

Uma publicação compartilhada por Jennifer Aniston (@jenniferaniston) em

Lucros de Friends

Friends acabou há mais de 15 anos, mas a série ainda é assistida por legiões de fãs. Obviamente, isso significa que a Warner ainda faz fortunas com a série e a quantia que cada ator recebe até hoje pela série é surpreendente.

Basicamente a Warner ainda lucra com a série por meio de licenciamentos – tanto nos EUA, quanto em outros países. Segundo o USA Today, a companhia faz por volta de US$ 1 bilhão por ano com Friends.

O que muitos não sabem é que os intérpretes de Rachel, Ross, Chandler, Monica, Joey e Phoebe contam com participação nesse lucro, ganhando 2% desse valor por ano.

Com isso, cada um deles ganha aproximadamente US$ 20 milhões por ano, mesmo depois de todos esses anos.

É seguro dizer que nenhum deles terá de trabalhar mais algum dia de suas vidas, tendo em vista que Friends continua extremamente popular. Muito melhor que ganhar na loteria.