Dwayne Johnson, o The Rock, e John Cena, que vai estrelar o novo Velozes e Furiosos, contam com uma história complicada. Tudo começou há mais de dez anos, com acusações de Cena contra Johnson, sobre ele ser desonesto.

Vale lembrar que The Rock já teve problemas com Vin Diesel e Tyrese Gibson.

Conforme artigo do Bleacher Report, via Brooke Hardington, do Nicki Swift, ao ser perguntado, em 2008, sobre como ele se sentia em relação a The Rock, ele respondeu:


“O que me deixa meio irritado é quando escuto dizerem ‘Eu sempre quis fazer isso’. The Rock cai nessa categoria. Ele, em certo ponto, amava wrestling e queria fazer isso a vida toda”.

“Agora, me explica por que ele não pode voltar para um show de aniversário de 15 anos… é porque ele quer ser um ator. Não há nada de errado com isso… mas não me fod* dizendo que você ama isso, mas faz outra coisa. Essa é a única coisa que me deixa irritado”.

Dwayne Johnson se sentiu ofendido pela forma como foi caracterizado por John Cena, dizendo que, após ter sucesso no ringue, ele buscou abrir novas possibilidades para lutadores de wrestling.

Os dois se entenderam

Mas a relação dos dois foi melhorando. Em 2018, em matéria do Sports Daily, John Cena tinha apenas coisas positivas para dizer sobre The Rock, especialmente após ele também entrar para a indústria cinematográfica.

“The Rock foi genuíno o suficiente para me dizer para eu ser eu mesmo… eu tentei fazer alguns filmes antes, e eles não foram bem-sucedidos. Ele me deu ótimos conselhos em um tempo ótimo”.

“Ele disse: ‘cara, eles vão gostar de você, ou te odiar. Seja você mesmo. Ao menos, no fim do dia, você vai se sentir bem sobre seu trabalho'”.

O conselho deu certo, visto que John Cena vai estrelar Velozes e Furiosos 9, Esquadrão Suicida e vai até ganhar uma série baseada no seu personagem do filme da DC.

Velozes e Furiosos 9 está previsto para estrear em maio de 2021.