Com uma carreira de mais de 30 anos, Angelina Jolie se estabeleceu com uma das atrizes mais conceituadas de Hollywood, na frente e por trás das câmeras.

Descrita como “uma das figuras mais influentes da indústria do entretenimento”, Jolie também é conhecida por seus importantes trabalhos humanitários, principalmente na defesa dos refugiados.

Em seu casamento com Brad Pitt, Angelina Jolie teve 6 filhos: Maddox, Pax, Zahara, Shiloh, Vivienne e Knox.


Sempre noticiado por tabloides e paparazzi, o casamento dos astros contou com grandes polêmicas e importantes segredos.

Confira abaixo alguns deles!

Briga no avião

Fontes afirmam que o casamento de Angelina Jolie e Brad Pitt terminou quando uma briga em um avião particular quase se tornou física. Em 2016, a família viajou da França para Los Angeles. Brad exagerou na bebida e começou a discutir com Angelina. Supostamente, até o filho mais velho Maddox se envolveu no conflito para proteger a mãe.

FBI

Durante o suposto incidente no avião particular, autoridades foram informadas por uma fonte anônima que Pitt havia agredido o filho adolescente durante uma briga. O FBI então realizou uma extensa investigação na vida familiar dos astros. Após longas entrevistas com todos os membros da família, a agência de investigação inocentou Brad Pitt de todas as acusações.

Crianças levadas

Aparentemente, a “criação permissiva” dos filhos de Angelina Jolie trouxe alguns efeitos negativos para as crianças. Uma fonte ligada à família afirmou que “Angelina não impõe limites aos filhos”, e que as crianças e adolescentes “sempre desafiam as autoridades de tutores e babás”.

Assédio da imprensa

Como já foi dito, o relacionamento de Angelina Jolie e Brad Pitt sempre foi um prato cheio para os paparazzi. Um fotógrafo, no entanto, passou dos limites para conseguir uma foto exclusiva do primeiro herdeiro biológico do casal. Em uma entrevista à Rolling Stone, Pitt revelou que “um cara comprou um quarto no mesmo hospital que estávamos, e tentou tirar fotos por um buraco no teto, isso é ilegal, mas ele pagou e faz mesmo assim”.

A sogra

Aparentemente, o relacionamento de Angelina Jolie com sua ex-sogra já foi marcado por brigas e desentendimentos. De acordo com o Radar Online, a primeira grande desavença entre Jolie e a mãe de Brad Pitt foi política. Jane Pitt odiava o presidente Barack Obama, e Jolie se frustrou com as opiniões da sogra. Além disso, a mãe de Brad Pitt tinha o costume de comprar roupas tradicionalmente femininas para a neta Shiloh, que sempre preferiu vestimentas mais práticas e vistas como masculinas.

Foto premiada

Angelina Jolie e Brad Pitt já sabiam que revistas de famosos fariam de tudo por fotos exclusivas de Shiloh, o primeiro bebê biológico do casal. Por isso, eles venderam as primeiras imagens de Shiloh em 2005 por mais de 4 milhões de dólares para a revista People, um recorde na época. O valor pago foi doado inteiramente para organizações de caridade.

Processo

Quando Angelina Jolie e Brad Pitt decidiram se separar, em setembro de 2016, ficou claro para todos que o divórcio judicial seria extenso e complicado. Muitas propriedades foram envolvidas, sem falar na guarda dos filhos. Para a disputa judicial, os dois artistas escolheram advogados conhecidos no mundo do entretenimento. Pitt contratou Lance Spiegel, famoso por representar a atriz Eva Longoria em seu divórcio com o astro da NBA Tony Parker. Já Angelina Jolie escolheu Laura Wasser, que já havia defendido celebridades como Johnny Depp, Heidi Klum, Christina Aguilera, Ryan Reynolds e Ashton Kutcher.