Veja como ex descobriu que Arnold Schwarzenegger era um traidor

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Mildred Patricia “Patty” Baena havia trabalhado para o astro Arnold Schwarzenegger e sua esposa jornalista Maria Shriver por cerca de 20 anos, quando em um dia de 2011, Maria Shriver deu uma longa olhada no filho adolescente de Patty, Joseph. Então ela olhou novamente.

A semelhança com seu marido de longa data era óbvia demais para ignorar.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ela confrontou Patty de frente. Patty admitiu o que Maria já tinha certeza de que sabia: Joseph Baena era filho de Arnold Schwarzenegger.

Ela então confrontou Arnold. Ele foi forçado a admitir que teve um caso com Patty e que era o pai de seu filho, Joseph.

Maria deixou a casa da família em maio de 2011 e pediu o divórcio. Os quatro filhos de Arnold com Maria estavam chateados e zangados com o pai. E Patty? Ela mais ou menos “se aposentou” imediatamente.

Foi uma bagunça, com o divórcio finalizado em 2017.

Aqui está a história por trás do que aconteceu entre Patty e Arnold e o momento em que Maria confirmou seus piores medos: Arnold Schwarzenegger, fisiculturista, estrela de cinema de ação, ex-governador da Califórnia e o pai de seus quatro filhos era um traidor.

E seus quatro filhos tinham um meio-irmão chamado Joseph Baena, cuja mãe fora governanta de Maria.

Escândalo de traição

Na década de 1990, Maria Shriver e sua governanta Patty Baena estavam grávidas na mesma época, ambas dando à luz no outono norte-americano de 1997.

Claro que Patty era funcionária, mas ao longo dos 20 anos em que trabalhou para Maria e Arnold em sua casa em Los Angeles, ela praticamente se tornou parte da família.

A família Schwarzenegger até compareceu ao batismo de Joseph. Naquela época, Patty era descrita como “uma mulher muito atrevida”. O marido de Patty, Rogelio, provavelmente ficou sabendo do que acontecera muito antes de Maria Shriver, porque se divorciou dela apenas três anos depois do nascimento de Joseph.

O que exatamente aconteceu? Patty e Arnold Schwarzenegger tiveram, por vários anos, um caso contínuo. Alegadamente, eles até “usavam” a cama de Arnold e Maria quando todos estavam fora de casa!

Aparentemente, Maria não suspeitou de nada.

De acordo com alguns, Arnold Schwarzenegger gostava de se dar bem com “mulheres comuns” porque elas eram muito gratas e adoravam a atenção do ator.

Em todo caso, quando Patty engravidou, todos (talvez até a própria Patty) presumiram que seu marido Rogelio era o pai.

Parece que, enquanto ela trabalhava para ele, Patty era realmente obcecada por Arnold Schwarzenegger. E, de acordo com o Daily Mail, ele reclamou com ela sobre seu casamento “sem sexo” com Maria Shriver.

Então, uma noite, enquanto Maria e as crianças estavam fora, os dois começaram a beber juntos, acabando finalmente na cama.

Mesmo quando Patty engravidou, ninguém suspeitou de nada. Mas à medida que Joseph crescia, a semelhança com Arnold tornava-se cada vez mais aparente. Quando ele chegou à adolescência, era simplesmente inconfundível.

Por volta de 2011, quando Joseph tinha 14 anos, a ficha caiu. Maria olhou para ele um dia e soube.

Ela confrontou Patty. Patty falava sem parar sobre não perceber realmente por alguns anos depois que Joseph nasceu que Arnold Schwarzenegger era seu pai. Mas, sim, ela admitiu o caso e o fato de Arnold ser o pai de Joseph.

O que aconteceu então foi estranho. As duas mulheres choravam e se abraçavam, com Patty se desculpando sem parar.

Maria simplesmente disse a ela que não era tudo culpa dela.

Então ela confrontou Arnold. No início, ele negou. Mas quando ela disse a ele que Patty havia confessado, ele ficou sem saída. Então, ele admitiu o caso.

E sim, ele admitiu que Joseph era seu filho. Mas ele jurou que não sabia há vários anos depois que Joseph nasceu que ele era seu pai.

Político astuto que Arnold Schwarzenegger é, ele sabia que a história se tornaria viral rapidamente. Então, ele emitiu um comunicado dizendo que havia contado a Maria sobre sua infidelidade e sobre o nascimento de seu filho. A única coisa foi que ele não mencionou que disse a ela depois que ela o confrontou.

Bem, o que aconteceu a seguir é bastante previsível. Patty mais ou menos “aposentou-se” e Maria mudou-se de casa e pediu o divórcio do angustiado Arnold. Para piorar ainda mais, seus quatro filhos com Maria estavam realmente chateados com ele.

Mas Arnold Schwarzenegger apoiou as duas mulheres. Ele comprou uma casa para Maria perto da antiga casa da família, para que as crianças pudessem ir e voltar entre a mãe e o pai.

E, muito mais tarde, ele comprou para Patty Baena uma casa de quatro quartos com piscina para ela e Joseph morarem.

E até hoje Arnold paga para apoiar Maria e Patty. Ele até pagou a educação universitária de Joseph. E de acordo com o Daily Mail, ele frequentou a graduação de seu filho na Universidade Pepperdine da Califórnia em 2019.

“Estou tão orgulhoso de você”, disse ele a seu filho sósia. Fica ainda melhor: Joseph e Arnold são companheiros de treino. Joseph está em um grande momento no fisiculturismo.

Desde que tudo isso foi divulgado, o Mirror relatou que a atriz Brigette Nielsen afirmou ter tido um caso com o ator quando fizeram Guerreiros de Fogo juntos em 1985. Arnold Schwarzenegger era, bem, muito aventureiro. Na época, ele estava “namorando seriamente” Maria Shriver.

O próximo filme com Arnold Schwarzenegger é Kung Fury 2. O longa-metragem ainda não conta com data de lançamento.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio