Um vídeo revela a última performance de Michael Jackson, dois dias antes de sua morte. Trata-se de um ensaio para This Is It.

Na época, o Rei do Pop estava ensaiando para show em Londres. Mesmo pouco antes do seu falecimento, o artista prova que conseguia dançar perfeitamente, com sua voz e presença dominando o local.

O vídeo, contudo, termina de maneira emocionante. Ao término do ensaio, Michael Jackson fecha seus olhos, olha para cima e sorri para as luzes, com tudo escurecendo.


Dorian Holley, diretor vocal do tour de Michael Jackson, que nunca aconteceu, falou sobre esses momentos finais do astro.

“Ele estava brilhando, e você conseguia enxergar isso. Ele finalmente estava vendo tudo funcionando”.

Holley, que trabalhava com Michael Jackson desde 1987, notou que havia algo de diferente sobre ele nesses dias finais, que ele estava mais contemplativo.

Veja o vídeo, abaixo.

Encontro com Will Smith

Michael Jackson morreu há pouco mais de dez anos, e ainda deixa saudades em fãs do mundo inteiro. O Rei do Pop teve uma carreira astronômica, marcada pelo talento, polêmicas e muito dinheiro.

Para muita gente, conhecer o astro era um sonho impossível. Will Smith, porém, conseguiu realizar o grande desejo e conversar com o Rei do Pop, ainda que por poucos minutos.

O encontro dos artistas foi bastante inusitado, já que foi proporcionado por um barraco causado por outra lenda da indústria musical.

Will Smith relembrou o momento em uma entrevista, e o site CheatSheet contou o que aconteceu.

Nascido em 1968, Will Smith cresceu na época em que Michael Jackson era o maior astro do mundo, com sucesso como Off the Wall e Thriller. Com isso, não é difícil entender como o astro de Um Maluco no Pedaço se tornou um dos maiores fãs do Rei do Pop.

A admiração de Will Smith por Michael Jackson atingiu seu ápice quando o ator se escondeu em um armário para conhecer o ídolo em uma premiação musical.

“A minha vida toda eu quis conhecê-lo. Então o vi na cerimônia de premiação, mas ele estava muito longe. E eu fiquei tipo: ‘Cara, não posso acreditar que o dia vai acabar e eu não vou conhecer o Michael, eu tenho que fazer isso’”, relembrou o astro.

Infelizmente, quando Will Smith se preparava para se aproximar de Jackson, uma confusão aconteceu, causada pelo executivo Suge Knight.

Com isso, um segurança colocou Smith dentro de um armário para deixá-lo longe da briga. No escuro, o ator ouviu uma voz inconfundível.

“Quando ouvi alguém dizer ‘Hey’, me virei e percebi que o Michael Jackson estava atrás de mim. Fiquei sem palavras, disse apenas ‘Oh, Mike?”, e ele perguntou como eu estava”, contou Will Smith.

Os dois conversaram rapidamente dentro do armário, e concordaram que Suge Knight era sempre o centro das confusões.

Ainda na conversa, Michael Jackson e Will Smith falaram sobre quadrinhos, e Jackson revelou que tinha uma edição original de Quarteto Fantástico #4, para a surpresa de Smith.

Para a tristeza de Will Smith, os seguranças de Michael Jackson chegaram rapidamente e tiraram o astro do armário. Quando se preparava para deixar o local, o Rei do Pop disse apenas: “Tchau Will, vejo você por aí”.

A influência do Rei do Pop foi sentida em toda a carreira de Will Smith, e o encontro com o astro é lembrado até hoje com saudades pelo ator.