Publicidade

Angelina Jolie tem grande derrota para Brad Pitt

Publicado por Bruno Tomé

17/11/2020 15:03

Angelina Jolie apelou, mas não conseguiu. O divórcio com Brad Pitt continuará com o mesmo juiz.

Anteriormente, a estrela tinha pedido a troca do juiz John W. Ouderkirk. O motivo seria o fato do profissional ter contatos anteriores com os advogados de Brad Pitt.

Por isso, Angelina Jolie julgou que não seria “justo” Ouderkirk continuar com o processo. Porém, o Tribunal Superior da Califórnia manteve o profissional no divórcio.

O Daily Mail revelou o documento que confirma a informação. Além disso, comentou um detalhe curioso.

A equipe de Angelina Jolie foi quem pediu por Ouderkirk. Não apenas isso, o juiz foi o mesmo que casou a atriz e Brad Pitt. Assim, o pedido pode ter sido uma forma de apenas atrasar o processo, que pode dar uma decisão favorável ao ator na guarda dos filhos do casal.

No documento revelado em 16 de novembro, o tribunal afirma que Angelina Jolie já sabia das relações do juiz desde agosto de 2018. Com isso, o interminável divórcio deve ganhar ainda mais capítulos.

Brad Pitt vence outro processo

Brad Pitt conseguiu ter outra vitória no tribunal dos Estados Unidos. Porém, não se trata do longo divórcio contra a ex Angelina Jolie.

A empresária Kelli Christina processou Brad Pitt por ter sido enganada por um golpista que se passava pelo ator. O The New York Post relatou que Kelli moveu a ação contra o astro porque ele não a protegeu do golpista.

Mas, a história não para por aí. Depois de der dado US$ 40 mil para o golpista, achando que o dinheiro seria usado para fundação Make It Right, de Brad Pitt, a empresária começou uma relação virtual com ele.

Isso levou até a pedido de casamento falso do golpista. Até então, a moradora do Texas (EUA) acreditava no Brad Pitt fake, com quem só tinha contato por redes sociais.

O jornal afirma que Brad Pitt venceu o processo e não precisará pagar a indenização de US$ 100 mil pedida pela empresária.

A empresária, porém, entrou em contato com o jornal. A mulher explicou que várias vezes tentou contato com o verdadeiro Brad Pitt e nunca recebeu uma resposta.

Brad Pitt ignorou todos os meus problemas por um ano e meio. Entrei em contato com ele por meio da Make It Right, da Plan B Entertainment, produtora do ator, de sua residência em Los Angeles e de seu advogado em Beverly Hills no verão de 2019. Todos os problemas foram ignorados, mesmo que a identidade e reputação dele tenham sido usadas”, declarou a empresária.

Por conta disso, Kelli vai apelar a decisão da justiça. Assim, esse caso deve ganhar novos capítulos.

Brad Pitt não se pronuncia.

Publicidade