Ator de Superman foi encontrado morto após romance perigoso

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Superman é o herói mais icônico da DC, disso não há a menor dúvida. Clark Kent é visto por muitos como sinônimo ao termo “super-herói”, e poucos personagens da DC conseguiram a honra de derrotar o Kryptoniano.

Entre suas muitas encarnações no cinema, o herói foi interpretado por alguns dos atores mais talentosos de Hollywood. Atualmente, Henry Cavill tem o cobiçado posto entre as fileiras de artistas da DC.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O que muitos fãs não sabem é que o intérprete original do personagem morreu de forma bastante misteriosa, logo após se envolver com a esposa de um figurão de Hollywood.

Confira abaixo tudo sobre a morte de George Reeves!

Assassinato ou suicídio?

De 1951 a 1958, George Reeves interpretou o Superman em um filme solo e uma popular série de TV. Quando a série terminou Reeves passou a ser associado completamente ao papel da DC, não conseguindo outros trabalhos na indústria do entretenimento.

Em 16 de junho de 1959, dias antes de seu casamento com a socialite Leonore Lemmon, o ator foi encontrado morto em seu quarto.

A morte de Reeves foi classificada oficialmente como suicídio, mas nem todos acreditaram na versão da polícia.

O ator estava realmente deprimido na época de seu falecimento, porém um detalhe da cena do crime chamaram a atenção: três tiros foram disparados no quarto, dois no chão e um na cabeça de Reeves.

A mãe de George Reeves não comprou a teoria do suicídio, e contratou o advogado Jerry Giesler para reabrir o caso.

Giesler rapidamente conseguiu a realização de uma segunda autópsia no corpo de Reeves, que revelou hematomas na cabeça e corpo do ator.

Algo que também chamou a atenção de pessoas ligadas ao caso foi um comentário mórbido feito por Leonore Lemmon na noite da morte do futuro marido.

“Ele vai se matar com essa arma!”, teria afirmado a socialite quando o noivo subiu para seu quarto.

Nenhuma impressão digital foi encontrada na arma, e testes para resíduos de pólvora não foram realizados nas mãos do ator. Um mês depois da reabertura do caso, Giesler declarou que estava “satisfeito” com a declaração de suicídio.

Mas afinal de contas, quem teria motivos para matar George Reeves¿ Pelo menos duas pessoas.

A primeira era Toni Mannix, ex-amante de Reeves e esposa de Eddie Mannix, conhecido por lidar com os principais escândalos de Hollywood e salvar a reputação de atores e atrizes.

Outra teoria afirma que Leonore Lemmon atirou em Reeves. O motivo, no entanto, nunca teria sido revelado.

As teorias foram apresentadas também no filme Hollywoodland, lançado em 2006 com Ben Affleck no papel de Reeves.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio