Brad Pitt e Angelina Jolie tiveram que lidar com mãe ‘bêbada’ de Emma Stone

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Emma Stone pode ser uma das maiores atrizes de Hollywood da atualidade, mas ela também tem suas histórias constrangedoras de quando não era tão famosa. Uma delas envolve sua mãe tentando puxar conversa com Angelina Jolie e Brad Pitt no Globo de Ouro.

Em participação no programa de Jimmy Fallon, a estrela de La La Land falou sobre quando foi à cerimônia do Globo de Ouro pela primeira vez, junto de sua mãe.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

“Eu fui com minha mãe e essa foi minha primeira vez no Globo de Ouro. Foi muito, muito empolgante, então eu levei minha mãe. E nos sentamos ao lado de Angelina Jolie e Brad Pitt”, disse Emma Stone.

“E minha mãe nunca bebe e ela bebeu champanhe naquela noite, o que provavelmente não foi a melhor ideia de todas, mas ela estava se divertindo muito”.

A atriz contou sobre como sua mãe começou a fazer perguntas a Angelina Jolie, que estava do lado.

“Ela começou a perguntar a Angelina Jolie coisas como, ‘você tem filhos?’. E eu pensei ‘você deve estar doida’”.

“Ela sabia tudo, mas estava tentando puxar conversa sobre as crianças. ‘Quantos anos eles tem? Quais são os nomes deles?’. Ela sabia de tudo, mas eles foram muito legais. Nós nos divertimos muito. Foi uma noite realmente muito boa, foi muito divertido”, concluiu a atriz.

Grande perda de Angelina Jolie

Angelina Jolie apelou, mas não conseguiu. O divórcio com Brad Pitt continuará com o mesmo juiz.

Anteriormente, a estrela tinha pedido a troca do juiz John W. Ouderkirk. O motivo seria o fato do profissional ter contatos anteriores com os advogados de Brad Pitt.

Por isso, Angelina Jolie julgou que não seria “justo” Ouderkirk continuar com o processo. Porém, o Tribunal Superior da Califórnia manteve o profissional no divórcio.

O Daily Mail revelou o documento que confirma a informação. Além disso, comentou um detalhe curioso.

A equipe de Angelina Jolie foi quem pediu por Ouderkirk. Não apenas isso, o juiz foi o mesmo que casou a atriz e Brad Pitt. Assim, o pedido pode ter sido uma forma de apenas atrasar o processo, que pode dar uma decisão favorável ao ator na guarda dos filhos do casal.

No documento revelado em 16 de novembro, o tribunal afirma que Angelina Jolie já sabia das relações do juiz desde agosto de 2018. Com isso, o interminável divórcio deve ganhar ainda mais capítulos.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio