Relação de Brad Pitt e Angelina Jolie estava arruinada desde o início

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Separados atualmente, Angelina Jolie e Brad Pitt foram por muitos anos o casal mais icônico de Hollywood. A vida familiar dos artistas sempre esteve presente nos holofotes, e poucos detalhes do relacionamento ficaram fora do alcance dos paparazzi.

Os artistas se conheceram durante as gravações de Sr. e Sra. Smith, na época em que Pitt ainda estava casado com Jennifer Aniston. Segundo várias fontes e até mesmo uma confissão posterior do ator, o affair começou durante as gravações, antes dele se separar de sua então esposa.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

De acordo com o site Nicki Swift, a relação entre os dois artistas nunca poderia ter dado certo (mesmo tendo durado vários anos), pois já estava condenada desde o início.

Confira abaixo tudo sobre essa análise!

Opinião profissional

Na época da revelação do relacionamento de Brad Pitt e Angelina Jolie, a polêmica dividiu a sociedade americana (e até certo ponto mundial) em “Time Angelina” e “Time Aniston”. Celebridades tomaram partido e até hoje o escândalo é referenciado na cultura pop.

A atriz confessou que realmente se apaixonou por Brad Pitt durante as filmagens de Sr. e Sra. Smith, mas garantiu que o affair só começou após o fim do casamento do ator com Jennifer Aniston.

“Ter relações íntimas com um homem casado, sendo que o meu próprio pai traía minha mãe, é algo que eu não poderia perdoar. Não conseguiria me olhar no espelho depois de fazer algo assim, e não me sentiria atraída por um homem que trai sua mulher”, afirmou Jolie em 2006.

Mesmo começando o relacionamento em 2006, Angelina Jolie e Brad Pitt só se casaram oficialmente em 23 de agosto de 2014. Dois anos depois, o casal se separou. O processo de divórcio continua até hoje, travado pelos direitos sobre as propriedades do casal e da guarda dos filhos.

Em uma entrevista ao Nicki Swift, a “coach de divórcios” Abby King explicou que a pressa de Brad Pitt em assumir um relacionamento com Angelina Jolie pode ter prejudicado o casal a longo prazo.

“Quando um casamento termina, as duas partes normalmente passam por um momento de reflexão, aceitação e entendimento. Tirar um tempo para avaliar o término de um relacionamento e ‘velar’ o fim de uma relação é essencial. Pitt não teve tempo para reavaliar suas relações com Aniston e Jolie, e acabou levando essa bagagem para o futuro”, afirmou King.

Abby King também abordou outros problemas vistos ainda no início da relação de Angelina Jolie e Brad Pitt.

“Casamentos saudáveis acontecem quando as duas partes cultivam amizades significativas fora do relacionamento, o que não era exatamente o caso de Angelina Jolie e Brad Pitt. A ausência dessas conexões pode fazer os parceiros se sentirem sufocados, cansados e até mesmo solitários. Quando isso acontece, o casal fica a um passo de um caminho de raiva, ressentimento e culpa”, afirmou a especialista.

King terminou a entrevista comparando o relacionamento das duas celebridades com namoros e casamentos de pessoas comuns.

“Não posso me identificar com o estilo de vida luxuoso de ‘Brangelina’, mas como uma especialista em divórcio, entendo o que eles passaram. No final das contas, o relacionamento deles terminou como o de qualquer casal anônimo: com raiva, amargor, advogados, brigas por custódia… A fama, beleza e riqueza dos dois não foi páreo para os problemas tradicionais dos casamentos”, concluiu Abby King.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio