Alegações de homofobia contra ator da Marvel ressurgem após grande revelação

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A Marvel recentemente confirmou que o Senhor das Estrelas, de Guardiões da Galáxia, é bissexual. Esse fato fez com que Chris Pratt, intérprete do personagens nos cinemas, voltasse à boca do povo.

Em 2019, Chris Pratt falou sobre seu lado espiritual e sobre a Igreja da qual faz parte no The Late Show (via Chelsea Stewart, do CheatSheet). Na época foram feitas alegações contra tal Igreja, de que ela conta com visões homofóbicas.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O próprio ator Elliot Page chegou a publicar em seu Twitter na época falando sobre o assunto e criticando o astro da Marvel por fazer parte dessa organização.

“Se você é um ator famoso e pertence a uma organização que odeia certo tipo de pessoas, não fique surpreso se alguém se perguntar por que não falou sobre isso. Ser anti LGBTQ é errado, não há dois lados nisso. O dano que isso causa é severo. Ponto. Mando meu amor para todos”, escreveu o ator de The Umbrella Academy.

Chris Pratt é frequentador da Igreja Zoe. O pastor Chad Veach anteriormente chegou a dizer ao The New York Times que a Igreja é “recebe todos os tipos de pessoas, mas não concorda com todos os estilos de vida”.

Além disso, o Daily Beast informa que a Hillsong Church, na qual a Zoe foi baseada, conta com uma longa história de “terapia de conversão para pessoas gays”, que essencialmente visa “converter” pessoas homossexuais em heterossexuais. Além disso, ela recusa cargos de liderança a pessoas LGBTQ.

A revelação da bissexualidade do Senhor das Estrelas

A Marvel confirmou oficialmente que Peter Quill, o Senhor das Estrelas de Guardiões da Galáxia, que também apareceu nos filmes recentes dos Vingadores, é bissexual. A revelação aconteceu em Guardiões da Galáxia #9, de 2020.

A história do roteirista Al Ewing e do artista Juann Cabal revela que o personagem ficou preso no planeta Morinus, em um universo paralelo, por 140 anos. Lá ele começa uma relação poliamorosa com um casal de pele azul humanoide, Aradia e Mors.

De início, Peter Quill fica relutante à ideia de começar um relacionamento com os dois, visto que ele espera retornar aos Guardiões da Galáxia e, mais especificamente, a Gamora. Depois de 12 anos ele acaba entrando em um relacionamento com os dois.

Com isso, a Marvel confirmou, sem sombras de dúvida, que o herói de Guardiões da Galáxia e Vingadores é bissexual.

Resta aguardar para saber se veremos isso nos filmes da Marvel daqui para a frente.

Veja uma página da revista, abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio