Pauley Perrette, conhecida pelo trabalho em NCIS, fez uma preocupante alegação no Twitter. A atriz afirma que está sendo perseguida por um stalker.

O que acontece é que essa não seria a primeira vez. Na mensagem, a ex-NCIS afirma que a mesma pessoa já foi condenada três vezes por esse tipo de acusação.

A mensagem foi encaminhada para o promotor de Los Angeles. Na publicação, Pauley Perrette reclama sobre o fato de que o estado norte-americano não deve mais segurar responsáveis por perseguições como as sofridas pela atriz.


Antes, a famosa de NCIS havia mostrado um perfil na internet e afirmado que aquele era um disfarce do antigo stalker dela.

“Hey, George Gascon, você acha que é coincidência que meu stalker três vezes condenado de repente volta quando você anuncia que não vão mais segurar os responsáveis por isso? O nosso sangue, o meu sangue, está nas suas mãos. Como se atreve?”, publicou a famosa.

Confira a publicação abaixo.

O caso da atriz de NCIS

A famosa teria sido atacada pela primeira vez em 2015. O stalker seria um homem conhecido como David Merck.

Após o primeiro ataque, o homem foi encaminhado para um hospital psiquiátrico. No entanto, Merck foi solto em 2018.

Já na época, Pauley Perrette disse que estava com medo por conta da liberação do homem. Desde a situação, a atriz luta para que a justiça tenha medidas mais fortes para acusados por esse tipo de crime.

A atriz deixou NCIS na 15ª temporada. Dificilmente a famosa deve retornar, uma vez que saiu brigada com o protagonista Mark Harmon.

NCIS já está na 18ª temporada. A série tem exibição na Amazon Prime Vídeo.