Famoso por série da Netflix, homem é acusado de pedofilia

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Jerry Harris, conhecido por Cheer da Netflix, recebeu novas acusações sobre a produção de pornografia infantil e pedofilia. A informação foi revelada pelo BuzzFeed dos Estados Unidos.

O site afirma que cinco vítimas, todas menores de idade, estão ligadas às novas acusações feitas no dia 10 de dezembro em um tribunal federal dos Estados Unidos. Em setembro de 2020, Harris tinha sido preso por produção de pornografia infantil.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Agora, o estudante que aparece em Cheer está recebendo novas acusações de produção de pornografia infantil, recepção de pornografia infantil, incitar um menor a ter relações sexuais e viajar para ter relações com um menor de idade.

Desde a primeira acusação em setembro, o acusado que aparece na Netflix está preso. Na acusação anterior, Harris foi chamado de “predador sexual”.

O primeiro caso, que veio a público, indica que o famoso por Cheer teria pedido e enviado fotos nuas a um jovem de 14 anos. Harris teria contato desde que a vítima teria 13 anos – quando teria sofrido assédio do estudante pela primeira vez.

Até o momento desta publicação, Harris ou a defesa dele não se pronunciaram sobre as novas acusações.

Na primeira acusação, os advogados do famoso de Cheer haviam afirmando que Harris era um adolescente quando teve os primeiros contatos com a suposta vítima e o irmão gêmeo dela.

“Nós estamos confiantes de que quando a investigação terminar, os verdadeiros fatos serão revelados”, afirmou a defesa na época.

Cheer na Netflix

A série documental acompanha de perto a equipe de cheerleaders da Universidade Navarro. A Netflix segue de perto a rotina e preparação de alguns estudantes.

O programa acompanha o duro trabalho para a disputa de uma competição da categoria. Harris se tornou um dos rostos mais conhecidos de Cheer.

O jovem era visto como um dos maiores motivadores da equipe.

Esse é apenas um dos problemas para uma possível segunda temporada na Netflix. O outro é que o campeonato nacional das cheerleaders foi adiado por causa do coronavírus (COVID-19).

Cheer tem uma temporada na Netflix.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio