Angelina Jolie é bem próxima de seus filhos, mas há algo em específico que eles não a deixam fazer.

Em conversa no Zoom com Gitanjali Rao (via Allison Swan, do Hollywood Life), cientista e inventora de 15 anos, nomeada à criança do ano pela revista Time, Jolie conversou sobre a invenção de Rao: um aplicativo que visa prevenir o cyberbullying.

O aplicativo, chamado Kindly, visa detectar o cyberbullying em seus estágios iniciais, utilizando inteligência artificial para tal. A atriz gostou da ideia, mas disse que teria de ser a decisão dos filhos baixar o aplicativo.


“Meus filhos ficariam tipo, ‘não encoste no meu celular, eu mesmo farei isso'”, brincou Angelina Jolie.

Gitanjali explicou que o aplicativo não visa controlar os filhos:

“O objetivo não é punir. Como adolescente, conheço outros que tendem a exagerar. Ao invés disso, o app dá a chance de repensar o que você está dizendo para que saiba o que fazer da próxima vez”.

Importante alerta para as mulheres

Angelina Jolie deixou um importante alerta para as mulheres nessa época de final de ano, falando sobre a violência doméstica. A atriz de Tomb Raider aconselhou as mulheres sobre como agir caso sofram algum tipo de agressão.

Em entrevista à Harper’s Bazaar, Jolie deixou clara a importância de encontrar outras pessoas que possam apoiar as vítimas de violência doméstica.

“Fale com alguém. Tente encontrar aliados. Esteja conectada para emergências. Por exemplo, você pode combinar uma palavra-código com um amigo ou membro da família, que indica se você está enfrentando uma emergência”, aconselhou a atriz.

“Comece a construir uma rede e ganhe conhecimento. É triste dizer, mas você não pode presumir que todos os amigos e familiares sempre vão querer acreditar e apoiar você. Frequentemente, serão estranhos que irão ajudar. Ou outras vítimas, grupos de apoio ou grupos religiosos. Acima de tudo, tenha cuidado. Só você realmente sabe o perigo que está correndo e, até encontrar o seu apoio fora, pode se sentir muito sozinha”, disse Angelina Jolie.

A atriz também falou sobre casos em que podemos ajudar outras mulheres nesse tipo de situação.

“Se já passou pela sua cabeça que alguém que você conhece pode ser vulnerável dessa forma, tente ficar perto e presente em sua vida. Deixe claro que você está lá para eles”.

“Outra coisa que todos podemos fazer é nos educar. Aprenda sobre violência doméstica. Aprenda como o trauma afeta nossa saúde e pode levar a mudanças biológicas, principalmente em crianças. Leve essas questões a sério”, continuou Angelina Jolie.

Veja o vídeo do alerta da atriz, abaixo.

https://twitter.com/v_xia0/status/1336121937068777475