A família de Michael Jackson finalmente conseguiu vender a mansão de Neverland. O local é considerado histórico pela ligação com o cantor.

Basicamente desde a morte do Rei do Pop, em 2009, havia a intenção dos familiares de se desfazerem do local. Agora, Neverland foi vendido.

O comprador é o bilionário Ron Burkle. O Wall Street Journal afirma que Burkle comprou o local por US$ 22 milhões (ou algo como R$ 114 milhões na conversão atual).


Uma curiosidade é que o bilionário já foi um sócio de Michael Jackson, dando conselhos para o cantor nos anos 2000 sobre investimentos. O valor pago, inclusive, é considerado bastante vantajoso.

O rancho de Neverland foi listado para venda pela primeira vez em 2016. O valor na época era de US$ 100 milhões. Depois, caiu para US$ 67 milhões e em 2019, estava em US$ 31 milhões.

Em 1987, Michael Jackson pagou cerca de US$ 19,5 milhões pelo local que tem mais de mil hectares. Apenas a casa tem cerca de 50 quartos. A mansão ficou conhecida pela construção em estilo francês.

O apelido do rancho foi dado por conta das histórias de Peter Pan. A antiga casa de Michael Jackson tinha ainda zoológico, quadras de tênis e basquete, cinema e uma estação de trem no estilo da Disney.

Ron Burkle teria conseguido comprar o local após fazer uma proposta. O empresário é o co-fundador das companhias Yucaipa, especializada em consultoria para investimentos.

O Neverland está localizado no condado de Santa Bárbara, na Califórnia. Ainda não está claro o que novo proprietário deve fazer com o local.

Rancho quase foi demolido

O rancho Neverland, de Michael Jackson, quase foi demolido. A informação foi revelada em 2019.

A venda do rancho se tornou complicada após a exibição do documentário Deixando Neverland, que detalha alegações de abuso infantil feitas contra Michael Jackson. As alegações já foram definidas na justiça e o cantor foi considerado inocente.

Em 2019, o especialista em imóveis Ruban Selvanayagam sugeriu, em entrevista ao Daily Star, que a propriedade poderia ser completamente demolida para dar lugar a outra construção.

“Eu suspeito que a maior parte será demolida, já que duvido que muitos desenvolvedores gostariam de manter o legado de Michael Jackson após essas alegações chocantes”, explicou.

“Talvez alguém possa pensar que Neverland possa ser rebatizado de alguma forma, mas isso estaria fadado ao fracasso na minha opinião.”

Ele acrescentou ainda: “Esta nuvem escura em torno de Michael Jackson será levada em conta no preço de compra e a propriedade, sem dúvida, perderá valor.”

Agora, resta saber o que o novo proprietário fará com a antiga casa de Michael Jackson. A família do cantor não se pronuncia.

Michael Jackson morreu em 2009 aos 50 anos. O ator teve uma parada cardíaca após overdose de remédios.