Astro recusou Oscar após piada com O Segredo de Brokeback Mountain

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O ator Jake Gyllenhaal revelou em uma entrevista recente que Heath Ledger, seu colega de elenco em O Segredo de Brokeback Mountain, se recusou a aparecer na cerimônia do Oscar de 2007 por causa de uma piada no monólogo de abertura sobre seu filme aclamado pela crítica no Oscar no ano anterior.

Baseado em um conto premiado de 1997 com o mesmo nome, O Segredo de Brokeback Mountain retrata a intensa relação de décadas entre o cowboy Ennis Del Mar (Ledger) e o agricultor Jack Twist (Gyllenhaal), que se apaixonaram nas montanhas de Wyoming em 1963 enquanto cuidavam de ovelhas. O filme recebeu oito indicações e três Oscars na cerimônia de premiação de 2006.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Gyllenhaal e Ledger, que foram indicados (nenhum ganhou), foram convidados a se apresentar na cerimônia no ano seguinte, mas uma piada escrita no monólogo de abertura sobre a história de amor entre pessoas do mesmo sexo dissuadiu Ledger de comparecer, de acordo com Gyllenhaal.

“Eu lembro que eles queriam fazer uma abertura para o Oscar naquele ano que era uma espécie de brincadeira sobre isso”, disse Gyllenhaal à revista de moda Another Man. “E Heath recusou.”

“Eu estava meio que: ‘Oh, certo… tanto faz.’ Eu sempre fico tipo: ‘É tudo uma boa diversão.’”

“E Heath disse: ‘Não é uma piada para mim – não quero fazer piadas sobre isso.’”

“Isso é o que eu amava em Heath. Ele nunca iria brincar”, acrescentou Gyllenhaal.

“Alguém queria fazer uma piada sobre a história ou o que fosse, ele disse: ‘Não. Isso é sobre amor.’”

“‘Tipo, é isso, cara. Simplesmente assim.’”

Filme aclamado

Ledger morreu em 22 de janeiro de 2008, de overdose acidental. Ele tinha 28 anos.

Embora Ledger não tenha ganhado um Oscar por seu papel inovador em O Segredo de Brokeback Mountain, ele ganhou em 2009 por seu papel coadjuvante como Coringa em Batman: O Cavaleiro das Trevas, tornando-se apenas o segundo ator a ganhar um Oscar póstumo (o primeiro foi Peter Finch em 1977 por Rede de Intrigas).

Os pais e a irmã de Ledger aceitaram o prêmio em seu nome, lembrando-se dele como uma “alma compassiva e generosa” que acrescentou “muito entusiasmo e inspiração” às suas vidas.

No Brasil, O Segredo de Brokeback Mountain está agora disponível no Telecine Play.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio