Ator de Me Chame Pelo Seu Nome já era alvo de escândalo antes de acusações

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Armie Hammer (Me Chame Pelo Seu Nome) deixou seu próximo filme após relatos não confirmados de que ele pode ter enviado mensagens de natureza sexual e canibal para mulheres na época em que era casado com Elizabeth Chambers.

Agora, os tabloides estão relatando mais sobre suas supostas preferências sexuais e possíveis flertes fora de seu casamento, também observando que, enquanto casado, ele pode ter tido um caso com Lily James enquanto os dois trabalhavam juntos em Rebecca – A Mulher Inesquecível da Netflix.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Os relatos vêm algum tempo depois de Armie Hammer se separar de sua esposa Elizabeth Chambers em julho de 2020. Os dois se separaram e o ator de Me Chame Pelo Seu Nome voltou para casa em Los Angeles enquanto ela permaneceu nas Ilhas Cayman. Os dois estavam casados ​​há uma década na época da separação.

Cerca de três meses depois, em outubro de 2020, Lily James foi vista por câmeras conversando com o ator casado Dominic West na Itália. Os dois se deram bem enquanto filmavam The Pursuit of Love juntos.

No entanto, antes disso, Lily James estava trabalhando com Armie Hammer no filme Rebecca – A Mulher Inesquecível para Netflix, onde rumores indicam que os dois também supostamente “se deram bem”.

Suposto caso com Lily James

Embora nenhum caso tenha sido divulgado ou mencionado quando Hammer e Chambers se separaram, recentemente o boato cresceu desenfreado com a ideia de que um caso entre os dois atores de Rebecca – A Mulher Inesquecível pode ter sido o que colocou um fim ao casamento.

Relatórios não confirmados indicaram que Elizabeth Chambers pode ter encontrado textos de uma mulher misteriosamente conhecida como Adeline, o que de início aparentemente não significa muito.

Mas o Daily Mail e outros meios de comunicação afirmaram que Lily James foi referida nas fichas de elenco de Rebecca – A Mulher Inesquecível como Adeline, uma referência a outro romance de Dauphne Du Maurier e o tecido conectivo entre James e os rumores.

Os rumores sobre esse assunto haviam terminado mais recentemente, mas Armie Hammer deixou a próxima produção de Shotgun Wedding, que teria estrelado ele e Jennifer Lopez e também deve ser produzido por Lopez e Ryan Reynolds. Portanto, foi um impacto bem grande. Sua razão?

Ele chamou de “besteira” as alegações não verificadas de que havia enviado textos sexuais durante seu casamento que eram de natureza canibalística, mas disse que precisava dar um passo para trás para passar algum tempo com sua família.

Então, o Page Six também revelou alguns comentários de 2013 em que o ator de Me Chame Pelo Seu Nome se descreveu como alguém que tinha um gosto pouco convencional em atividades sexuais.

“Eu gostava de agarrar o pescoço e o cabelo e tudo isso. Mas então você se casa e seus apetites sexuais mudam. E digo isso para melhor – não é como se eu estivesse sofrendo de alguma forma. Mas você realmente não pode puxar o cabelo de sua esposa.”

As novas mensagens que surgiram parecem indicar vários flertes fora de seu casamento com a então esposa Elizabeth Chambers.

Uma dessas mensagens agradecia a alguém, chamando-a de “gatinha” antes de mencionar: “Minha esposa está comigo, caso contrário gostaria que você viesse me encontrar. Esteja faminta pelo papai.”

Armie Hammer disse que os textos não podem ser atribuídos a ele, mas outra de suas ex-namoradas, Courtney Vucekovich – com quem ele namorou brevemente -, disse que esse tipo de linguagem sexualmente agressiva era normal durante o relacionamento deles.

Ela compartilhou uma mensagem com o Daily Mail que Hammer supostamente escreveu que dizia: “Vou arrancar um pedaço de você com uma mordida.”

No Brasil, Me Chame Pelo Seu Nome, com Armie Hammer, está agora disponível no Telecine Play.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio