Bohemian Rhapsody não mostra: A noite secreta de Freddie Mercury e princesa Diana

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

A princesa Diana costumava passar parte de seu tempo livre com famosas celebridades, como Elton John, Michael Jackson e Freddie Mercury. Há um episódio de sua vida junto do vocalista do Queen que poucos sabem e que sequer foi mostrado em Bohemian Rhapsody.

Em livro de memórias da atriz Cleo Rocos, ela relatou uma ocasião na qual Diana Spencer, Freddie Mercury, o comediante Kenny Everett e ela própria estavam juntos.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Ao decidirem ir para a famosa boate gay Royal Vauxhall Tavern, a princesa pediu para ir com eles.

Rocos ficou aterrorizada em levar a então futura rainha da Inglaterra para um bar gay nos anos 1980, mas Freddie Mercury disse: ‘vamos lá, deixe a garota se divertir um pouco’”.

Foi Everett quem deu as roupas que serviram como disfarce para Diana nesse momento. Com isso, ela saiu com uma jaqueta do exército, óculos escuros de aviador e um boné de couro.

Eles conseguiram fazer com que Diana entrasse despercebida e foram para um lugar mais quieto perto do bar.

“Diana e Freddie estavam dando risadinhas, ela pediu vinho branco e uma cerveja. Quando a transação foi feita, nós olhamos uns para os outros, unidos em nossa missão triunfante. Conseguimos!”, escreveu Rocos.

Foto rara com Freddie Mercury

Freddie Mercury faleceu no dia 24 de novembro de 1991, de broncopneumonia acarretada pela AIDS. 29 anos depois, o baterista do Queen, Roger Taylor, compartilhou uma foto rara dos dois.

Em homenagem ao amigo e colega de banda, Taylor divulgou no Instagram uma imagem dos dois rindo, no que parece ser uma festa.

“Fred e eu dando umas risadas”, escreveu o baterista do Queen na legenda da foto.

Previamente, em entrevista ao Express, Taylor falou sobre como a voz de Freddie Mercury melhorou ao longo dos anos.

“Ele não começou tão bom quanto se tornou, e ele melhorou muito. Ele tinha uma voz extraordinária e foi ficando melhor, melhor e melhor”.

Veja a publicação do baterista do Queen, abaixo.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio