Diretor de Velozes e Furiosos é acusado de estupro

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

O diretor de Velozes e Furiosos, Rob Cohen, foi novamente acusado de agressão sexual, desta vez pela atriz e diretora italiana Asia Argento.

Em uma nova entrevista para o jornal italiano Il Corriere della Sera e vários outros veículos (via Variety), Argento alega que a suposta agressão ocorreu enquanto ela estava filmando Triplo X, o filme de ação de 2002 dirigido por Cohen que também estrelou Vin Diesel e Samuel L. Jackson.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Argento também faz as acusações em sua autobiografia, “Anatomy of a Wild Heart”.

“É a primeira vez que estou falando sobre Cohen”, disse Argento ao Corriere.

“Ele abusou de mim, me fazendo beber GHB, ele tinha uma garrafa. Na hora eu realmente não sabia o que era. Acordei de manhã nua na cama dele.”

Em uma aparição no talk show italiano Verissimo, Argento explicou que ela não sabia inicialmente o que era GHB – é um sedativo de ação rápida comumente referido como a droga de “estupro” – e que estava fazendo a revelação agora que outras mulheres também acusaram Cohen de má conduta sexual.

Em 2019, uma mulher identificada apenas como Jane alegou que o diretor de Velozes e Furiosos a havia convidado para uma reunião de negócios para discutir um piloto de televisão e que, durante a reunião, Cohen ofereceu-lhe uma bebida, em seguida, mudou a reunião para um restaurante de seu hotel e a encorajou para beber mais.

Por esse relatório, compartilhado pela primeira vez no HuffPost, Jane alega que acordou no quarto de hotel de Cohen enquanto ele a estava estuprando.

A filha de Cohen, Valkyrie Weather, também fez acusações contra Cohen, acusando o diretor de molestá-la quando criança e levá-la para visitar profissionais do sexo em filmagens no exterior quando Weather era adolescente. As acusações teriam sido levantadas durante o processo de divórcio pela mãe de Weather.

Novas alegações

Segundo a Variety, um representante de Cohen nega as alegações de Argento. Cohen também negou anteriormente as outras acusações.

“Eu nunca agredi, estuprei, droguei ou molestei ninguém. Nunca pertenci a nenhum clube do charuto e certamente nunca estive lá com ‘Jane’. Por precaução, não vou revelar seu nome verdadeiro”, disse Cohen ao Deadline em 2019.

Ele passou a se referir às alegações de sua filha, acrescentando: “Espero e rezo para que as milhares de pessoas que me conhecem, trabalharam comigo e/ou são simplesmente pessoas justas vejam que esta é uma história falsa e sem fundamento, que está sendo espalhada devido a uma filha odiosa e uma mãe/ex-esposa.”

Velozes e Furiosos 9, o próximo filme da saga, deve estrear em maio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio