Entenda a grande briga dos bastidores de Velozes e Furiosos

Publicadohá pouco tempo
Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw reabriu algumas feridas antigas na família de Velozes e Furiosos.

Quando o derivado foi anunciado em 2017, Tyrese Gibson desabafou no Instagram sobre Dwayne Johnson rompendo com “a família de Velozes e Furiosos” para fazer o derivado (“Nós não corremos sozinhos”), e mais tarde culpou o projeto pelo adiamento de Velozes e Furiosos 9.

Continua depois da publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio

Vin Diesel negou que Johnson fosse o culpado pelo adiamento, mas Gibson continuou a “rivalidade”, dizendo que não estaria em Velozes e Furiosos 9 se Johnson estivesse.

Brigas nos bastidores

Algum tipo de paz acabou parecendo ser alcançado, porém, depois que um dos “associados” de Johnson contatou Gibson.

Isso até Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw chegar aos cinemas e Gibson não resistir a zombar do fim de semana de estreia do filme. O derivado foi lançado com US$ 179 milhões em todo o mundo, incluindo US$ 60 milhões nos Estados Unidos, o que está um pouco aquém das performances dos dois últimos filmes de Velozes e Furiosos.

Ambos arrecadaram mais de US$ 1 bilhão, enquanto Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw ficou com meros US$ 769 milhões. Isso não impediu Gibson.

Em uma postagem agora excluída no Instagram, ele queria mostrar seus respeitos, dizendo que Johnson “tentou”, mas acrescentou: “Romper a família claramente não tem o valor que se supõe que tenha.”

Gibson seguiu suas postagens excluídas com outra potencial alfinetada em Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw, dizendo que iria “ficar quieto e agir como se nada tivesse acontecido” porque “nada aconteceu”.

Mas está claro que ainda há algumas feridas abertas sobre o fato de Johnson – e não vamos esquecer, Jason Statham – ter decidido sair e fazer um derivado. Na realidade, entretanto, Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw foi um projeto deliberado da Universal para expandir o (já extremamente bem-sucedido) universo de Velozes e Furiosos, e por que não?

A resposta de Gibson, entretanto, apenas adiciona combustível aos rumores de rixas nos bastidores da série, ou seja, entre Johnson e Vin Diesel. O escritor de longa data de Velozes e Furiosos, Chris Morgan, negou recentemente que houvesse uma “rivalidade per se” entre as duas estrelas principais.

Ele ainda espera que os dois personagens “continuem entrando e saindo”, apesar de Johnson não ter aparecido em Velozes e Furiosos 9.

No entanto, parece que até mesmo o escritor não está imune a alguma controvérsia dos membros do elenco de Velozes e Furiosos. É aí que entra Michelle Rodriguez. A morte de Han nas mãos de Deckard Shaw, que posteriormente se tornou uma espécie de herói na franquia, ainda está na mente dos fãs.

Após o lançamento de Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw, Morgan falou sobre como haverá “Justiça para Han”. Mas isso não caiu muito bem com Rodriguez, que tuitou: “Eu estive por aí desde o início, muito antes de Chris Morgan aparecer e ele não tem absolutamente nada a ver com onde esta narrativa está ou para onde ela está indo.”

Embora seja verdade que Rodriguez está envolvida com a franquia há mais tempo, Morgan tem escrito os filmes desde Velozes e Furiosos 4.

Ele foi responsável por trazer Shaw para a série e escreveu o filme que matou Han permanentemente (Velozes e Furiosos 6), então você presumiria que ele estava envolvido no planejamento maior, a menos que eles mudassem completamente o arco de Velozes e Furiosos 9 e 10.

Rodriguez também teve seus escrúpulos com a série no passado, criticando-a por uma falta de “amor às mulheres da franquia” e ameaçando não voltar para o nono filme.

Ela está voltando, então, claramente ela está feliz com a nova direção.

Sua reação aos comentários de Morgan é apenas mais um sinal da divisão entre a franquia principal Velozes e Furiosos e a potencial franquia Velozes e Furiosos: Hobbs & Shaw.

O desempenho de bilheteria de abertura do derivado sugere que alguns fãs de Velozes e Furiosos de longa data ficaram longe dele, talvez por lealdade às estrelas que lançaram os filmes originais. Afinal, se a saga nos ensinou alguma coisa, é que você deve ficar do lado de sua família.

Velozes e Furiosos 9 chegará aos cinemas em maio.

Publicidade

Carregando...

Não foi possível carregar anúncio